Reinventando a relação humano-Euterpe edulis: do palmito ao açai

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Reinventando a relação humano-Euterpe edulis: do palmito ao açai

Mostrar registro completo

Título: Reinventando a relação humano-Euterpe edulis: do palmito ao açai
Autor: Farias, Marcelo
Resumo: A palmeira Euterpe edulis Martius (Arecaceae) ocorre na costa Atlântica do Brasil e áreas adjacentes. Explorada de forma predatória para obtenção do palmito, está na lista de espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção. De seus frutos é possível extrair o açaí, atividade que tem se desenvolvido com maior impulso na última década. A exploração do açaí resgata a importância da espécie E. edulis do ponto de vista econômico e contribui para sua conservação. Questiona-se se a produção do E. edulis em agroflorestas, para colheita de frutos, e se seu processamento agroindustrial, para extração do açaí, são atividades viáveis economicamente aos agricultores familiares catarinenses, e quais os seus limites. Para oferecer respostas, a pesquisa foi realizada em duas partes distintas: na primeira, estabeleceu-se uma rede de informantes e realizaram-se saídas de campo para identificar períodos com ofertas de frutos em três regiões de Santa Catarina. Dados quantitativos foram levantados de matrizes de E. edulis em frutificação, cultivadas em quintais agroflorestais dessas regiões. Os seguintes parâmetros foram avaliados para todas as matrizes amostradas: número de inflorescências e infrutescências em desenvolvimento, o peso dos frutos maduros em cada cacho coletado e a estimativa de produção por hectare. Por fim, ainda nesta parte, expõem-se as informações obtidas em estudo de caso, no município de Garuva, SC, sobre a forma de manejo da espécie para colheita de frutos em agroflorestas. A segunda parte, também um estudo de caso, realiza uma análise econômica do cultivo do E. edulis para produção de frutos e seu processamento em uma pequena agroindústria familiar do município de Garuva, SC. Esta análise foi realizada por meio de indicadores de rentabilidade e riscos de projetos de investimento. Utilizaram-se também, nas duas partes da pesquisa, as técnicas da entrevista semi-estruturada e dos informantes-chave. Como resultados, constatou-se que o período de frutificação de E. edulis, em Santa Catarina, é mais amplo que o relatado pela literatura, levando-se em consideração a variação de altitude. A produção de frutos e seu processamento, em Agroindústria Rural de Pequeno Porte, apresentam desempenho econômico positivo, sugerindo sua plena aceitação. A oferta de frutos, atualmente, é fator limitante para a atividade. São necessários 15 hectares de agroflorestas manejadas com E. edulis para suprir a demanda de 64 toneladas de frutos em cinco meses de atividade da agroindústria. Para a produção de quatro toneladas de frutos por hectare ao ano, são necessárias 800 palmeiras adultas. A produção de frutos de E. edulis concorre com outras atividades silviculturais e representa uma oportunidade de diversificação. A ampliação do período de oferta de frutos, ao longo do ano, favoreceria o desenvolvimento de redes produtivas do açaí com processamento de frutos o ano inteiro e mercado estável para a produção.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/106683
Data: 2009


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
266262.pdf 548.9Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar