Tecnologia de informação e a criatividade no desenvolvimento de produtos: um estudo de caso em grandes organizações

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Tecnologia de informação e a criatividade no desenvolvimento de produtos: um estudo de caso em grandes organizações

Mostrar registro completo

Título: Tecnologia de informação e a criatividade no desenvolvimento de produtos: um estudo de caso em grandes organizações
Autor: Almeida, Mario de Souza
Resumo: Este estudo tem o objetivo geral de identificar o uso da tecnologia de informação nas etapas do processo criativo no desenvolvimento de produtos, a partir do estudo de multicasos em grandes empresas brasileiras. Sua importância decorre da crescente necessidade de criatividade nas organizações, especialmente em sua atividade de atender aos anseios dos clientes mediante o oferecimento de novos produtos. Deve-se considerar ainda como importante em função dos grandes volumes de recursos que vêm sendo investidos pelas organizações em Tecnologia de Informação, sem que no entanto sejam proporcionados todos os resultados possíveis, especialmente no que diz respeito ao estímulo à criatividade. Trata-se de um estudo teórico e empírico, em que foram estudados os casos de três organizações, tendo caráter exploratório e descritivo. As organizações foram selecionadas por acessibilidade, e os respondentes foram selecionados intencionalmente. As organizações foram a Weg, a Siemens e a Datasul, tendo sido aplicadas três entrevistas semi-estruturadas em cada uma delas. Os relatos foram analisados qualitativamente, resultando em um diagnóstico da utilização da TI no processo de desenvolvimento de produtos das três organizações. Constatou-se que todas elas utilizam quase em sua potencialidade a TI, no sentido de dar suporte ao desenvolvimento de produtos, havendo a possibilidade de estímulo à criatividade, em conformidade com as relações levantadas, entre a TI, a criatividade e o processo de desenvolvimento de produtos. Nenhuma das três empresas, entretanto, utiliza software de geração de idéias, o que poderia auxiliar na etapa de incubação, assim como foi observada a falta de ferramentas de TI para o registro de idéias fora do ambiente de trabalho, adoção de flexibilidade de horários e disponibilização de equipamentos para o trabalho fora do ambiente organizacional, e a dedicação do tempo disponibilizado pelo uso da TI, para o desenvolvimento da criatividade.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101720
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
221722.pdf 735.7Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar