Método de análise dos fluxos de conhecimento em sistemas regionais de inovação

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Método de análise dos fluxos de conhecimento em sistemas regionais de inovação

Mostrar registro completo

Título: Método de análise dos fluxos de conhecimento em sistemas regionais de inovação
Autor: Labiak Junior, Silvestre
Resumo: Muitos países tem se dedicado ao desenvolvimento, análise e pesquisas voltadas aos Sistemas Regionais de Inovação - SRI, esta tese, está estruturada em construtos relacionados aos SRI e fluxos de conhecimento, tendo por objetivo desenvolver um método conceitual de análise dos fluxos de conhecimento existentes em SRIs. O desenvolvimento do trabalho se dá com o levantamento do referencial teórico, construção e aplicação do método, tendo como resultados a identificação, mapeamento e análise dos fluxos no SRI, que é um ambiente aberto e composto de atores regionais que interagem de maneira dinâmica. A tese apresenta uma base conceitual sobre os habitats de inovação, apresentando a relevância dos mesmos no desenvolvimento da cultura do empreendedorismo inovador e nos fluxos de conhecimento, discorre ainda, sobre o conceito de fluxo de conhecimento, sua importância na gestão do conhecimento e no desenvolvimento de regiões inovadoras. O trabalho apresenta ainda, uma análise sobre a aplicação da gestão do conhecimento (GC) entre os atores regionais, que colabora no desenvolvimento do método para análise dos fluxos de conhecimento em sistemas regionais de inovação, o qual, baseou-se no método de análise dos fluxos de conhecimento direcionado à comunidade de prática (Huang et al., 2007), adaptado à SRIs (análise quantitativa), sendo composto pela análise do Fluxo de Conhecimento Percebido (PKF) (análise qualitativa), cuja sobreposição das duas análises gera o Fluxo de Conhecimento Consolidado - CKF (análise quanti-qualitativa) entre os atores do SRI. A aplicação do método foi realizada em 2011 no SRI Sudoeste do Paraná contando a participação de dezoito atores, divididos em seis grupos: de conhecimento científico, habitats de inovação, empresarias, de fomento, públicos e institucionais. Os Resultados obtidos dizem respeito ao desenvolvimento de um método de análise dos fluxos de conhecimento entre atores regionais de um SRI num determinado momento proporcionando o mapeamento e análise dos respectivos fluxos no SRI analisado. A conclusão do trabalho abre um novo campo de pesquisas aplicadas aos fluxos de conhecimento no desenvolvimento de ambientes inovadores.Many countries are dedicated to the development, analysis and research directed to the Regional Innovation Systems - RIS, this thesis is structured in constructs related in the RIS and knowledge flows, aiming to develop a conceptual method of analysis of knowledge flow in RISs. The work development is done with the survey of the theoretical framework and application of the method built, the results are the identification, mapping and analysis of flows in the RIS, which is a the region open, composed of actors that interact dynamically. The thesis presents a conceptual basis on habitats of innovation, showing the relevance of these in developing the culture of innovative entrepreneurship and in knowledge flows, describes the concept of flow of knowledge, its importance in knowledge management and in innovative regions development. The work presents an analysis on the implementation of knowledge management (KM) among the regional actors, which cooperates in the development of the method for analysis of flows of knowledge in regional innovation systems, that is built based on the method of analysis flows knowledge directed to community of practice (Huang et al., 2007), adapted to RISs (quantitative analysis), composed by the analysis of the Perceived of Knowledge Flow(PKF) (qualitative analysis), in which the overlap of the two analyzes generates the Knowledge Flow Consolidated - CKF (quantitative and qualitative analysis) between the actors of the RIS. The method was applied in 2011 in the SRI - southwestern Paraná counting with the participation of eighteen actors, divided into six groups: of scientific knowledge, habitats of innovation, enterprise, funding, public and institutional. The results obtained are the development of a method of analysis of knowledge flows between regional actors of a RIS, at a given time, providing mapping and analysis of the respective flows in RIS analyzed. The conclusion of the work opens a new field of research applied to flows of knowledge in developing innovative environments.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100806
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
307882.pdf 5.819Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar