Literatura para uma vida em matrimônio: a construção das sensibilidades conjugais em manuais de civilidade

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Literatura para uma vida em matrimônio: a construção das sensibilidades conjugais em manuais de civilidade

Mostrar registro completo

Título: Literatura para uma vida em matrimônio: a construção das sensibilidades conjugais em manuais de civilidade
Autor: Cecchin, Cristiane
Resumo: Intentou-se, neste trabalho, discutir a construção das sensibilidades conjugais como um processo de subjetivação vinculado a um projeto Biopolítico, cujas finalidades se dirigem aos procedimentos de (auto) gestão da vida, através de sua politização incluída em um processo civilizador. Os manuais de civilidade - interpretados assim por divulgarem preceitos e códigos de conduta - são aqui analisados como "guias matrimoniais" que, empregados como dispositivos de subjetivação, acionam seus discursos de normalização através da leitura, na construção das subjetividades agenciadas pelo conceito de felicidade individual. Frente aos imperativos da educação sexual e da informação, por meio da vulgarização de preceitos científicos à população leiga, é ativada a reflexão individual que leva ao autoconhecimento e à constituição das verdades e dos cuidados sobre si. Deste modo, a intervenção dos discursos na composição subjetiva opera, com ênfase, no investimento sobre noções como a regulação da vida sexual (nos problemas da procriação e do uso dos prazeres) e conjugal (em sua moralização pelo amor romântico no matrimônio), bem como as funções de gênero na intensificação das percepções sobre o casamento (pela realização da vida afetiva e sexual). Como obras de autoria de médicos e cientistas europeus, em sua maioria publicadas na primeira metade do século XX, pretendeu-se atentar para o investimento editorial brasileiro na publicação das traduções e reedições deste tipo de material nas décadas de 1940 e 1950 no Brasil. Ao considerar a existência de uma gama de intelectuais brasileiros nas mais diversas áreas, dedicados ao tratamento do mesmo tema, objetivou-se aqui investigar os discursos recorrentes em um contexto internacional diversificado, em sua circularidade nos diferentes momentos e espaços sociais, por meio de traduções e reedições, dada a sua inserção no cenário brasileiro. Desta maneira, diante de uma teia de discursos heterogêneos em sua diversidade de posicionamentos científicos, morais e religiosos na composição da vida conjugal, interpretou-se a divulgação destes guias para o matrimônio como conduzida a um mesmo propósito central: a gestão do casal e das famílias medicalizadas como pressuposto da gestão da população, através da (auto) gestão da vida politizada e incluída no processo civilizador.We tried on this work, to discuss the construction of the marriage sensitivities as a process of subjectivity linked to a Biopolitical project, whose purposes are directed to the procedures of (self) management of life, through its politicization included in a civilizing process. The manuals of civility - as interpreted by disclosing precepts and codes of conduct - are examined here as "marriage guides," which employed as subjectivity devices, trigger their normalization speeches through reading, on the construction of subjectivities agencied by the concept of individual happiness . In face with the imperatives of sex education and information through the popularization of scientific principles to the lay population, is activated the individual reflection that leads to self-knowledge and the establishment of truth and selfcare. Thus, the intervention of the speeches in the subjective composition operates, with emphasis on investment in concepts such as sexual life (the problems of procreation and the use of pleasure) and marital (in its moralizing role by romantic love in marriage) and as gender roles in enhancing perceptions of the marriage (for the realization of their emotional and sexual life). As works written by European scientists and doctors, mostly published in the first half of this century, we intended to be attentive to the editorial investment in the publication of translations and reprints of this type of material in the 1940s and 1950s in Brazil. In considering the existence of a range of Brazilian intellectuals in several areas, dedicated to the treatment of the same theme, our objective was to investigate the recurring discourses in international context, diverse in its circularity in different times and social spaces, through translations and reissues, given its inclusion in the Brazilian scenario. Thus, on a net of heterogeneous discourses in their diversity of scientific positionings, moral, and religious composition of married life, we interpreted the disclosure of these guides for marriage as being conducted with the same core purpose: the management of the couple and the families medicalized as condition for population management, through the (self) management of politicized life and included in the civilizing process.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, Florianópolis, 2010
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93979
Data:


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
279410.pdf 5.791Mb PDF Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar