Os Alimentos funcionais entre ciência e comunicação

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Os Alimentos funcionais entre ciência e comunicação

Mostrar registro completo

Título: Os Alimentos funcionais entre ciência e comunicação
Autor: Bianco, André Luiz
Resumo: Os alimentos funcionais são produtos portadores de alegações de benefícios à saúde, as quais devem ser cientificamente baseadas. No contexto de um mercado alimentar globalizado, circula diariamente um grande fluxo de informações que relacionam isto a estilos de vida, dietas, alimentos e nutrientes. Muitas vezes essas informações são confusas e contraditórias, e, paradoxalmente, pretendem orientar os consumidores. Da perspectiva sociológica não consideramos orientações verdadeiras ou falsas, mas nos importa, nesse âmbito, refletir sobre a capacidade desses discursos de afetar e transformar as práticas alimentares, repercutindo ainda em diversas outras práticas e arenas sociais pois os discursos sobre alimentos saudáveis tratam desde a renovação celular do corpo humano até o cuidado com o planeta. Nosso escopo como sugere o título é o caminho dos alimentos funcionais entre a ciência básica e o mercado, e as formas de tradução que aí ocorrem. Por isso consideramos a comunicação de maneira ampla trabalhamos com materiais de revistas, jornais, folders, propagandas, campanhas publicitárias, rótulos. A comunicação funciona como um funil de interesses, um canal em que se encontram e misturam demandas políticas, econômicas, culturais e sociais, além de científicas. O trabalho aborda as dinâmicas desses desenvolvimentos que são sempre entrelaçados procurando interpretá-los pela teoria sociológica. Da perspectiva de uma teoria sociológica da tecnologia, o sucesso desses objetos não é o que os explica, mas justamente o que deve ser explicado. Para isso, dirigimo-nos a diversos aspectos extra-cientificos, como estratégias de desenvolvimento de produtos, propagandas, apelos estéticos, noções expansivas de saúde, a retórica do exotismo, a apropriação de alimentos tradicionais pelo mercado e entrelaçamentos de aspectos normativos e cognitivos nos discursos das ciências dos alimentos.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2010
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93862
Data:


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
279643.pdf 884.9Kb PDF Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar