L2 grammar acquisition and use in L2 speech production

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

L2 grammar acquisition and use in L2 speech production

Mostrar registro completo

Título: L2 grammar acquisition and use in L2 speech production
Autor: Santos, Ariene Cristina Della Libera dos
Resumo: This study investigated the effects of focus on form instruction on the use of a specific grammar structure in students# controlled and relatively spontaneous L2 speech production. The participants of the study were 24 Brazilian intermediate EFL learners. Data was collected through four oral tasks (two pretests and two posttests), used in order to elicit controlled as well as spontaneous speech production, before and after instruction, in order to investigate L2 speech production in 4 different conditions: (1) the use of a specific grammatical structure # reported speech # in controlled L2 speech production; (2) the use of a specific grammatical structure # reported speech # in relatively spontaneous L2 speech production; (3) the improvement of the use of a specific grammatical structure # reported speech # in controlled L2 speech production; and (4) the improvement of the use of a specific grammatical structure # reported speech # in relatively spontaneous L2 speech production. The theoretical support of the study includes the literature in the area of L2 speech production and grammar teaching/learning. Results showed that, after exposure to focus on form instruction, 21% of the participants are able to use the target structure accurately in controlled speech production, and 17% of the participants are able to use the target structure accurately in relatively spontaneous speech production. However, most participants are not able to use the target structure accurately in controlled or relatively spontaneous speech production, after focus on form instruction. As regards improvement of the accurate use of this specific grammatical structure, results showed that focus on form is beneficial, since 79% of the participants improved their accurate use of reported speech in controlled speech production and 91% of the participants improved their accurate use of reported speech in relatively spontaneous speech production.Este estudo investigou os efeitos da instrução com foco na forma, no uso de uma estrutura gramatical específica, na produção oral controlada e relativamente espontânea da L2. Os participantes desta pesquisa são 24 brasileiros, alunos de inglês como língua estrangeira, do nível intermediário. A coleta de dados consistiu da aplicação de 4 tarefas (dois pré-testes e dois pós-testes), as quais foram usadas para elicitar produção oral controlada e relativamente espontânea, antes e após o tratamento, a fim de investigar a produção oral da segunda língua em 4 diferentes condições: (1) o uso de uma estrutura gramatical específica discurso indireto em produção oral controlada; (2) o uso de uma estrutura gramatical específica discurso indireto em produção oral relativamente espontânea; (3) a melhora da acurácia de uma estrutura gramatical específica discurso indireto em produção oral controlada; e (4) a melhora da acurácia de uma estrutura gramatical específica discurso indireto em produção oral relativamente espontânea. O suporte teórico deste estudo inclui revisão de literatura nas áreas de produção oral da segunda língua e ensino/aprendizagem da gramática da segunda língua. Os resultados revelaram que depois de os participantes serem expostos a instrução com foco na forma, 21% dos participantes usou a estrutura gramatical alvo corretamente em sua produção oral controlada, e 17% dos participantes usaram a estrutura gramatical alvo corretamente na produção oral relativamente espontânea da L2. Entretanto, após ser exposta a instrução com foco na forma, a maioria dos participantes não usou a estrutura gramatical alvo na produção oral controlada ou relativamente espontânea. Em relação à melhora da acurácia em que uma estrutura gramatical específica é usada, resultados mostraram que instrução com foco na forma é proveitosa, uma vez que 79% dos participantes melhoram a acurácia do uso da estrutura gramatical discurso indireto na produção oral controlada, e 91% dos participantes melhoraram a acurácia do uso desta estrutura gramatical, quando usada na produção oral relativamente espontânea.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Letras/Inglês e Literatura Correspondente, Florianópolis, 2010
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93770
Data:


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar