Produção científica dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem da região sul do Brasil

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Produção científica dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem da região sul do Brasil

Mostrar registro completo

Título: Produção científica dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem da região sul do Brasil
Autor: Lino, Mônica Motta
Resumo: A relação de formação de recursos humanos de Enfermagem na América Latina encontra-se intimamente relacionada aos processos de formação básica de trabalhadores da área, de Graduação e de Pós-Graduação, bem como suas especificidades e direcionamentos no setor de saúde. Neste panorama, a área da Enfermagem vem repensando seus modos de fazer, de pesquisar e de educar, refletindo avanços e mudanças nos cursos de formação profissional, no ensino, na pesquisa e nas práticas de cuidado em saúde. Esta pesquisa é do tipo descritiva, exploratório-analítica, em base documental, de natureza qualitativa, com o objetivo de analisar a produção científica dos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem da Região Sul do Brasil, configurando as tendências e perspectivas deste setor por meio da produção de artigos científicos publicados nos últimos cinco anos (2004-2008). Nesta Região existem 18 GPEE, assim distribuídos: Rio Grande do Sul (08), Santa Catarina (03) e Paraná (07). A partir da análise do currículo dos 173 pesquisadores cadastrados nestas estruturas, foram captados todos os artigos científicos de Qualis/CAPES Internacional disponíveis on-line, concretizando 330 produções. A organização e sistematização dos estudos foram assim conduzidas: 1) Captação do estudo na íntegra; 2) Leitura dos resumos e diferenciação do corpo de análise; 3) Leitura dinâmica e impregnação do trabalho completo; 4) Sistematização dos estudos no instrumento de análise. Os resultados são elucidados a partir de três manuscritos: 1) Caracterização da produção científica e tecnológica em educação em Enfermagem do Sul do Brasil; 2) Análise da produção científica dos Grupos de Pesquisa em educação em Enfermagem da Região Sul do Brasil; e 3) Posturas pedagógicas na educação em Enfermagem e saúde da Região Sul do Brasil. Os enfermeiros têm optado pelo trabalho individual, com evidente dificuldade destes GPEE em articular as pesquisas entre seus membros e de focá-las em sua temática genuína, distanciando-se do aprofundamento em educação em saúde e preocupandose com a categoria produtividade em detrimento de uma produção que dê visibilidade e contribua com sua linha de pesquisa. No entanto, os estudos cujo enfoque se mantém na educação encontram-se pautados em teorias críticas, bem como a tendência temática encontra-se sustentada na vertente currículo/formação e de educação popular. Revela-se a percepção da educação em saúde como componente crítico-reflexivo, voltada ao contexto social dos indivíduos, reconhecendo a realidade dos sujeitos, a importância do diálogo, na perspectiva de horizontalidade e voltada à cidadania. A dinâmica de trabalho dos GPEE tem resultado em produções de qualidade sobre educação em Enfermagem e saúde, no entanto, essa produção tem sido difundida de forma lenta, com baixa representatividade na Região Sul do Brasil. A produção e divulgação das práticas educativas desenvolvida no trabalho em saúde, de pesquisas e de análises de realidades, tornam-se insuficiente quando é evidenciada a potencialidade de pesquisadores que dispõe. Tornar-se-ia possível contribuir, com maior visibilidade, nas políticas de recursos humanos do âmbito latino-americano. Neste sentido, sugere-se a construção de macro-projetos dentro dos GPEE para orientar subprojetos de iniciação científica e de Pós-Graduação, orientados em acordo à necessidade social, com enfoque em educação, Enfermagem e saúde.The relation of the formation of human resources of Nursing in Latin América is intimately related to the basic formation process of workers in the area, of graduation and postgraduation, as well as its specifications and direction in the health sector. In this panorama, the area of nursing has been rethinking their working process, of research and teaching, reflecting advances and changes in the professional formation courses, of teaching, in research and care practices of health. This study is the descriptive type, exploratory-analytical, in documental base, of qualitative methodology, with the objective of analyzing the scientific production of study groups of education in nursing of the south region of Brazil, configuring the tendencies and perspectives of the sector through the means of production of scientific articles published in the last five years (2004-2008). In this region exists 18 GPEE, that are distributed in this manner: Rio Grande do Sul (08), Santa Catarina (03) and Parana (07). From the analysis of the curriculum of 173 researchers registered in this structure, all the scientific articles of International Qualis/CAPES available on-line, totalizing 330 productions. The organization and systematization of the studies were conducted in this manner: 1) Collection of the total study; 2) Reading of the abstracts and the diverse body of analysis; 3) The reading dynamics impregnation of their complete work; 4) Systematization of their studies in the instrument of analysis. The results were resolved through three manuscripts: 1) Characterization of scientific production and technology in Education of Nursing of the south of Brazil; 2) Analysis of the scientific production of the study groups in Education of Nursing of the South Region of Brazil; and 3) The pedagogy procedures in Education of Nursing and Health of the South Region of Brazil. The Nurses have been opting for individual work, with evident difficulty of GPEE in articulating research among is members and to focalize them in their genuine theme, distancing themselves in profound health education and only preoccupy with the productivity of the category in deter of a production that gives visibility and contribute to their line of research. However, the studies that focalize on education is found to be based on critical theories, as well as the thematic tendency is found to be sustained in the side of curriculum/formation and popular education. It reveals the perception in education of health as a critic-reflexive component, directed to the social context of individuals, accepting the reality of people, the importance of dialogue, in the perspective of horizontality and directed to citizens. The work dynamics of GPEE has resulted into quality productions about education in Nursing and Health, however, this production has been divulge in a slow form, with low representative in the South Region of Brazil. The production and disclosure of educative practices developed in the work of health, the research and analysis of realities, has been insufficient when it evidence the potentiality of the researchers at hand. It turns to be possible to contribute, with great visibility, in the political of human resources in the ambit of Latin-America. In this sense, suggest the construction of macro-projects inside the GPEE to orientate subprojects of scientific initiations and post-graduation, supervise in accord with social necessity, with focus in education, Nursing and Health.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2009.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93402
Data: 2009


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
267257.pdf 1.061Mb PDF Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar