A construção da rede sócio-técnica de educação de assentados da reforma agrária: o PRONERA

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A construção da rede sócio-técnica de educação de assentados da reforma agrária: o PRONERA

Mostrar registro completo

Título: A construção da rede sócio-técnica de educação de assentados da reforma agrária: o PRONERA
Autor: Freitas, Helana Célia de Abreu
Resumo: A construção dos projetos educativos desenvolvidos no âmbito do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA) tem como premissa básica a parceria entre o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), universidades e movimentos sociais do campo, e dependendo do local e das especificidades dos cursos outros atores poderão participar. Se por um lado essa parceria gera fortes ligações em torno dos projetos, por outro favorecem os conflitos devido às diferentes visões de mundo, de educação, de sociedade e de variações nas capacidades institucionais dos atores envolvidos. Diante desta constatação, esta Tese analisa como estão se constituindo as relações políticas e pedagógicas entre os atores que estão construindo o Curso Técnico em Agropecuária com Ênfase em Agroecologia, que está sendo ministrado na Escola 25 de Maio, no Município de Fraiburgo em Santa Catarina, Brasil, partindo da hipótese de que o PRONERA constitui uma rede sócio-técnica na qual o MST ocupa o papel de ator-mundo. A análise apresenta como foco a agroecologia e a educação, pois os conflitos em torno dos significados dessas questões interferiram profundamente na construção da rede. Paradoxalmente, ao mesmo tempo que foram esses os dois pontos que justificaram a reunião dos atores na rede, foram também os aspectos que dificultaram o seu fechamento. A partir dessa discussão foi demonstrada a necessidade de aprofundar o diálogo entre os atores envolvidos, o que assegura que o conhecimento gerado seja uma construção aberta, resultante do encontro das diferentes posições, levando ao fortalecimento do PRONERA como um caminho para a construção de políticas públicas para o meio rural. The pedagogic projects carried on by PRONERA, Brazilian National Educational Program for Land Reform are supported by a partnership among the Colonization and Land Reform Agency (INCRA), universities, and rural movements, although other social actors may also interact depending upon the place the actions take place. By one side, this partnership creates strong links within the group of partners toward these pedagogic projects. By the other side, it generates conflicts mainly due to the fact that each partner has different point of views about society & education and different institutional resources of each actor. Under this background this Thesis analyzes how were the historic relations among these actors around one case of pedagogic project for the technical agriculture and cattle raising courses based on agroecology principles. These courses have been held in the 25 de Maio#s School, in Fraiburgo municipality, in Santa Catarina state (south of Brazil). The research took as main hypothesis that the PRONERA creates a socialtechnical network where the MST (Movimento dos Sem Terra) has the role of world-actor. The thesis presents a focus on the agroecology and the educational program explaining how these two points generated a set of conflicts that contributed to give birth to the socio-technical networking. Alongside the positiv process arose also many troubles that affected the actors# future partnership#s networking. This thesis presents a deep discussion concerning to all these aspects. It concludes that is necessary to deep the process of dialogue among the actors in order to ensure an open construction about the knowledge. This open construction shall be an outcome of the meeting of different positions which will bring the improvement of the PRONERA#s enforcement as a building process for this public policy for rural communities.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/90502
Data: 2007


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
245439.pdf 10.30Mb PDF Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar