Projeto Roça Sem Queimar: um proposta de manejo agroecológico para a região da Transamazônica - Pará

DSpace Repository

A- A A+

Projeto Roça Sem Queimar: um proposta de manejo agroecológico para a região da Transamazônica - Pará

Show full item record

Title: Projeto Roça Sem Queimar: um proposta de manejo agroecológico para a região da Transamazônica - Pará
Author: Silva, Maristela Marques da
Abstract: A utilização do fogo nos sistemas de produção praticados na região amazônica é um tema que gera controvérsias e debates, envolvendo agricultores, cientistas e a população em geral. Com o objetivo de contribuir na reflexão sobre tal questão, o presente trabalho é um estudo de caso sobre as práticas alternativas de preparo da área e de manejo sem o uso do fogo, desenvolvidas por pequenos agricultores que participam do "Projeto Roça Sem Queimar", na região da Transamazônica, no Estado do Pará. O presente estudo privilegia a visão dos atores locais na concepção e construção de um novo modelo de produção, entendendo que tais mudanças são influenciadas por uma série de fatores, que vão além de questões técnicas ou biológicas, pois resultam de interações de aspectos culturais, econômicos e, também, técnicos. A pesquisa foi desenvolvida em quatro municípios - Altamira, Pacajá, Medicilândia e Uruará no Estado do Pará, utilizando-se o referencial teórico-metodológico da pesquisa qualitativa em Ciências Sociais e da pesquisa quantitativa no que se refere ao meio físico. O estudo demonstrou que a proposta sem o uso do fogo foi concebida a partir da valorização dos conhecimentos dos agricultores, e é composta por uma série de práticas inspiradas nos conceitos da Agroecologia. O método consiste em roçar a floresta secundária e deixar a biomassa vegetal - folhas, troncos e galhos - sobre a superfície do solo. Para auxiliar a decomposição desse material são cultivadas espécies que produzem grande quantidade de biomassa vegetal, conhecidas como plantas de cobertura. Os resultados indicam que, para desenvolver as atividades propostas pelo projeto, os agricultores necessitam tomar decisões adaptativas, pois o sistema de manejo proposto é muito diferente do sistema de corte e queima praticado por eles. Assim, houve diferenças na forma em que cada agricultor conduziu sua roça, resultado de sua participação nas organizações locais e também fruto das condições culturais e econômicas que cada agricultor está inserido. Os agricultores avaliam como positivos os resultados do projeto, mas a maioria ainda vai esperar os resultados econômicos para expandir a experiência e aplicar os conhecimentos adquiridos através do projeto em outras atividades desenvolvidas no agroecossistema. As transformações no solo, a partir das práticas desenvolvidas na roça sem queimar estão em fase inicial, sendo encontradas diferenças significativas no teor de nitrogênio e no estoque de detritos orgânicos na liteira. No solo não houve diferenças significativas na disponibilidade de nutrientes, quando comparados com o sistema de corte e queima praticado na região. Esses resultados podem ser considerados como um indicativo para que ocorra um aumento nos teores de matéria orgânica e na disponibilidade de nutrientes no decorrer dos anos de cultivo. Entretanto tais resultados são dependentes das práticas de manejo que cada agricultor vai desenvolver em sua roça. Assim, para consolidar a proposta de manejo sem o uso do fogo, desenvolvida pelo Projeto Roça Sem Queimar, é necessário intensificar a utilização dos princípios agroecológicos em cada roça e continuar acompanhando os agricultores que estão desenvolvendo o projeto.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/85580
Date: 2003


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account

Statistics

Compartilhar