Vantagem competitiva da flexibilidade via tecnologia da informação: um modelo de auditoria e estudo de caso no pólo automotivo paranaense /

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Vantagem competitiva da flexibilidade via tecnologia da informação: um modelo de auditoria e estudo de caso no pólo automotivo paranaense /

Mostrar registro completo

Título: Vantagem competitiva da flexibilidade via tecnologia da informação: um modelo de auditoria e estudo de caso no pólo automotivo paranaense /
Autor: Buiar, Denise Rauta
Resumo: O atual processo de mudanças acelerativas gerando quebra de paradigmas mundiais no plano social, econômico, técnico e organizacional têm exigido das organizações um maior esforço na capacidade de desenvolver vantagens competitivas, frente à uma concorrência cada vez mais acirrada. A flexibilidade tem sido um dos fatores chaves mais importante para que a empresa possa explorar oportunidades de crescimento e inovação. Sendo assim, o presente trabalho desenvolve um modelo de auditoria e um estudo de caso da flexibilidade potencializada pela Tecnologia da Informação como meio para as grandes organizações atingirem vantagens competitivas à frente de seus concorrentes. A análise da flexibilidade é avaliada por meio dos recursos envolvidos no processo produtivo. A Tecnologia da Informação, por sua vez, é analisada por meio de suas funções de: integração, comunicação e disseminação do conhecimento. Este foco de análise tem como objetivo, garantir a eficiência dinâmica necessária para a empresa poder responder ou gerar rapidamente novas idéias, em tempo real, antecipando-se à concorrência. Para poder contemplar a abrangência das variáveis a serem analisadas, o modelo proposto por este estudo foi aplicado em um estudo de caso nas matrizes européias das empresas Renault e Audi e em suas filiais no Pólo Automotivo Paranaense. O produto final da auditoria da flexibilidade impulsionada pela TI é resultante da identificação tanto dos pontos de rigidez, que obstaculizam o desenvolvimento da flexibilidade, como da TI alavancadora dos recursos no processo produtivo, para que se alcance a flexibilidade operacional estratégicamente definida pela organização
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/78294
Data: 2000


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
175142.pdf 0bytes PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar