As soluções estão no lixo : limites e possibilidades para uma gestão ecodesenvolvimento de residuos solidos (o caso de Caxias do Sul - RS)

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

As soluções estão no lixo : limites e possibilidades para uma gestão ecodesenvolvimento de residuos solidos (o caso de Caxias do Sul - RS)

Mostrar registro completo

Título: As soluções estão no lixo : limites e possibilidades para uma gestão ecodesenvolvimento de residuos solidos (o caso de Caxias do Sul - RS)
Autor: Pisani, Silvana
Resumo: Este trabalho analisa a gestão pública de resíduos sólidos domésticos (lixo) no município de Caxias do Sul (RS). Procura reconstruir o conflito surgido entre população e poder público quanto à instalação de uma usina de lixo em área residencial (1986 a 1989). 0 objetivo é apreender possíveis mudanças, a partir daí, quanto ao enfoque para a gestão dos resíduos domésticos na cidade. Para isso a questão dos resíduos é tratada como parte da problemática ambiental. Os resultados revelam que a gestão pública dos resíduos mantém um caráter "remedial", pois não ocorre a incorporação de um enfoque preventivo no trato da questão.
Descrição: Dissertação (mestrado) : Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciencias Humanas
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/76435
Data: 1996


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
109364.pdf 6.211Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar