Mulheres brasileiras e o fenômeno da pobreza: uma análise para o período de 2012 a 2018.

DSpace Repository

A- A A+

Mulheres brasileiras e o fenômeno da pobreza: uma análise para o período de 2012 a 2018.

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Bohn, Liana
dc.contributor.author Oliveira, Julia Myskiw Costa
dc.date.accessioned 2020-12-14T13:43:54Z
dc.date.available 2020-12-14T13:43:54Z
dc.date.issued 2020-12-07
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/218377
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia. pt_BR
dc.description.abstract Tendo em vista que a pobreza atinge diferentes grupos sociais e o gênero é um fator relevante nessa questão, analisar a pobreza sobre a perspectiva de gênero é extremamente importante para avaliar se o empobrecimento feminino é, de fato, mais acentuado. O presente trabalho tem como objetivo verificar se há maior incidência de mulheres entre os indivíduos considerados pobres no Brasil no período de 2012 a 2018, a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD-Contínua). Mediante a conceituação do fenômeno da pobreza e apresentação de diferentes formas de mensurá-lo, analisam-se, por meio do método comparativo, as três linhas de pobreza mais utilizadas no país. Além disso, associam-se a elas outras variáveis que ajudam a compreender os resultados, relacionadas ao mercado de trabalho, às características dos domicílios e ao componente racial. Diante disso, verifica-se que as mulheres brasileiras permanecem como as mais afetadas pela pobreza de renda no período analisado. pt_BR
dc.description.abstract Considering that poverty affects different social groups and gender is also an important factor is this issue, analyzing poverty from the gender perspective it is extremely important to examine whether female impoverishment is, indeed, more sharp. The present work aims to verify whether there are higher incidence of women among Brazilian low-income population between 2012 and 2018, based on the National Sample Survey and Households (PNAD).Through the conceptualization of the phenomenon of poverty and presentation of different ways of measuring it, this work will analyze, for example, the three most known poverty lines in Brazil applying the comparative method. In addition, in order to provide a better understanding, other variables related to the labor market, household and racial characteristics are associated with those primarily examined. Therefore, it is verified that women remain the most affected individuals by income poverty in the analyzed period. pt_BR
dc.format.extent 62 f. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.rights Open Access
dc.subject Pobreza Feminina pt_BR
dc.subject Gênero pt_BR
dc.subject Linhas de pobreza pt_BR
dc.subject Female poverty pt_BR
dc.subject Gender pt_BR
dc.subject Poverty lines pt_BR
dc.title Mulheres brasileiras e o fenômeno da pobreza: uma análise para o período de 2012 a 2018. pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR


Files in this item

Files Size Format View Description
TCC_Pobreza_Feminina_no_Brasil_Versao_Final.pdf 631.0Kb PDF View/Open TCC

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account

Statistics

Compartilhar