A representação de mulheres nos livros didáticos de história (Programa Nacional do Livro Didático: 2017-2019)

DSpace Repository

A- A A+

A representação de mulheres nos livros didáticos de história (Programa Nacional do Livro Didático: 2017-2019)

Show full item record

Title: A representação de mulheres nos livros didáticos de história (Programa Nacional do Livro Didático: 2017-2019)
Author: Lopes, Gisele Garcia
Abstract: A presente pesquisa objetiva compreender como as mulheres estão representadas nos livros didáticos de História para o 9º ano do Ensino Fundamental, indicados no Guia do Livro Didático 2017, para distribuição em escolas públicas brasileiras pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), para o triênio 2017-2019.. A problemática parte da experiência da pesquisadora como docente de História para os anos finais do Ensino Fundamental conjugada à atuação em mobilização do magistério gaúcho em 2015 que instigaram a refletir sobre a forma que os livros didáticos, entendidos como objetos complexos da cultura, apesar da sua familiaridade ao universo escolar, estariam representando as mulheres, enquanto sujeitos históricos. Para tal, adotou-se o conceito de representação segundo conceituação de Roger Chartier para a análise textual e imagética das mulheres. Os escritos de Allain Chopin foram utilizados para a compreensão do livro didático como fonte documental e objeto de estudo nesta pesquisa. Verificou-se que há uma preocupação em incorporar a temática da mulher sob uma perspectiva das relações do gênero, pensando as assimetrias de poder entre os sexos como produto social. Constata-se que os livros didáticos analisados notabilizam imagens que reproduzem desigualdades historicamente construídas.Abstract : The present research aims to understand how women are represented in the textbooks of History for the 9th year of Middle Education, indicated in the Textbook Guide of 2017, for distribution in Brazilian public schools by the National Program of Didactic Book (PNLD), for the triennium 2017-2019. The problematic is developed from the experience of the researcher as a Middle School History teacher combined to her activity in the mobilization of Gaucho teachers in 2015 that instigated to the reflection on the way that textbooks, understood as complex objects of culture, despite their familiarity to the school universe, would be representing women, as historical subjects. For this, the concept of representation was adopted according to Roger Chartier's conceptualization for the textual and imagery analysis of women. Allain Chopin s writings were used for understanding textbooks as documentary source and object of study in this research. It was verified that there is a concern to incorporate the thematic of woman from a perspective of gender relations, thinking about the power asymmetries between the sexes as a social product. It can be observed that the textbooks analyzed make note of images that reproduce inequalities historically built.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2018.
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/194188
Date: 2018


Files in this item

Files Size Format View
PEED1338-D.pdf 1.071Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account

Statistics

Compartilhar