Ocorrência do boto-da-tainha (Tursiops truncatus) no extremo sul da Ilha De Santa Catarina

DSpace Repository

A- A A+

Ocorrência do boto-da-tainha (Tursiops truncatus) no extremo sul da Ilha De Santa Catarina

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Simões-Lopes, Paulo César de Azevedo
dc.contributor.author Scalabrin, Camila de Andrade
dc.date.accessioned 2015-05-06T19:29:11Z
dc.date.available 2015-05-06T19:29:11Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/132665
dc.description TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia. pt_BR
dc.description.abstract Grupos de botos-da-tainha, Tursiops truncatus (Montagu, 1821), são frequentemente observados em toda a região costeira da Ilha de Santa Catarina e em águas abrigadas das Baías Norte e Sul. Porém, o conhecimento a respeito desses grupos é reduzido. Neste estudo, foi conduzido um esforço sistemático que teve como objetivo investigar a ocorrência de T. truncatus no extremo sul da Ilha, inferir padrões comportamentais e relacioná-los a algumas variáveis ambientais. Durante 21 meses, foram realizadas observações em pontos fixos e saídas ocasionais embarcadas. Aparentemente, os indivíduos de T. truncatus que ocorrem na área de estudo apresentam ampla área de vida e frequentam o extremo sul da Ilha de Santa Catarina com fidelidade, sendo esta uma importante área de forrageio para eles. A frequência de observação dos botos foi maior durante a temporada da tainha (Mugil spp.) de 2011, provavelmente, em decorrência da maior abundância de presas no local, devido à sua migração reprodutiva. O estado comportamental de alimentação, predominante durante todo o estudo, foi observado com maior frequência durante o período da manhã e no estado de maré enchente. Observou-se um padrão de movimentação dos botos, estritamente relacionado ao ciclo da maré, com entradas na baía em maré enchente e saídas em maré vazante. Os grupos que frequentam á área são pequenos, frequentemente compostos por adultos e filhotes e apresentam alto índice de coesão, com tendência em diminuir fora da baía e em atividade de deslocamento. Associações com aves marinhas ocorreram frequentemente e observou-se uma interação dos botos com áreas de maricultura, onde a obtenção de alimento é, provavelmente, facilitada, demonstrando a alta flexibilidade comportamental da espécie. pt_BR
dc.description.abstract Groups of bottlenose dolphin, Tursiops truncatus (Montagu, 1821), are often observed in the entire coast of Florianopolis island and in sheltered areas of the North and South bays. However, there is little knowledge about these groups. In the present study, a systematic effort was conducted in order to investigate the occurrence of T. truncatus in the extreme south of the island, infer behavioral patterns and relate them to some environmental variables. Over a period of 21 months, observations were made of two shore points and boat surveys were conducted occasionally. Apparently, individuals of T. truncatus that occur in the study area have a large home range and frequent the southern tip of the island with fidelity, making it an important foraging area for them. The frequency of sighting of dolphins was higher during the season of the bottlenose dolphin prey, Mugil spp, in 2011, probably due to the great abundance of the prey at the site, because of its reproductive migration. The feeding behavior was prominent during all the study period and its frequency was higher during morning and flood tide. A movement pattern related to tide cycle was observed, with entrances in the bay during flood and outputs during ebb. Groups that occur in the area are small, consisting of adults and calves and have high cohesion index, with a tendency to decrease outside the bay and during travel behavior. Associations with seabirds were often observed in the area. It was noted an interaction between the dolphins and mariculture areas, where the obtaining of food is probably facilitated. This fact demonstrates the high behavioral flexibility of the species. pt_BR
dc.format.extent 49 pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC. pt_BR
dc.subject Tursiops truncatus pt_BR
dc.subject ocorrência pt_BR
dc.subject distribuição, pt_BR
dc.subject comportamento pt_BR
dc.subject occurrence, pt_BR
dc.subject distribution, pt_BR
dc.subject behavior pt_BR
dc.title Ocorrência do boto-da-tainha (Tursiops truncatus) no extremo sul da Ilha De Santa Catarina pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR
dc.contributor.advisor-co Daura-Jorge, Fábio Gonçalves


Files in this item

Files Size Format View
TCC_camila_final.pdf 1.115Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account

Statistics

Compartilhar