Definição de áreas para delimitação preliminar de unidades de conservação no município de Pinhalzinho (SC) a partir da integração de dados em um sistema de informação geográfica (SIG)

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Definição de áreas para delimitação preliminar de unidades de conservação no município de Pinhalzinho (SC) a partir da integração de dados em um sistema de informação geográfica (SIG)

Mostrar registro completo

Título: Definição de áreas para delimitação preliminar de unidades de conservação no município de Pinhalzinho (SC) a partir da integração de dados em um sistema de informação geográfica (SIG)
Autor: Dalotto, Cecilia Elena Sánchez
Resumo: Desde a sua implantação, as Unidades de Conservação (UC) tem sido uma das figuras legais mais utilizadas para conservar os recursos naturais brasileiros. Nos últimos anos a criação de UC tem aumentado principalmente nos ecossistemas considerados críticos, como é o caso da Mata Atlântica. As técnicas de geoprocessamento e de sensoriamento remoto podem auxiliar no diagnóstico da situação ambiental das regiões prioritárias estudadas, sendo utilizadas inclusive como auxílio à delimitação das próprias UC. Nesse cenário, o objetivo do trabalho realizado foi definir áreas potenciais para delimitação preliminar de UC no Município de Pinhalzinho (SC), a partir da integração e relacionamento de dados em um Sistema de Informação Geográfica (SIG) conforme o estado atual de uso e ocupação do solo na região. Para a realização do trabalho foram atualizados os dados de ocupação do solo do ano de 2011 e selecionados os fragmentos protegidos pelo Código Florestal. A partir destes dados, foram analisadas numericamente a forma e o nível de fragmentação de cada um dos remanescentes florestais, selecionando-se as áreas que eram abrangidas inteiramente por propriedades rurais conforme cadastro fundiário disponível, minimizando os possíveis conflitos fundiários decorrentes de desapropriações parciais ou de inviabilização funcional dos remanescentes. Como resultado obtiveram-se cinco áreas potenciais, que tiveram sua ocupação do solo caracterizada para fins de melhor análise e possível implementação de técnicas de restauração ambiental.Las Unidades de Conservación (UC) han sido el medio más utilizado para conservar los recursos naturales brasileños. En los últimos años, la creación de UC ha aumentado principalmente en los ecosistemas considerados críticos, como es el caso de la Foresta Atlántica. Las técnicas de geoprocesamiento y teledetección pueden auxiliar en el diagnóstico de la situación ambiental de las regiones prioritarias estudiadas, siendo utilizadas inclusive como auxilio a la delimitación de las mismas UC. El objetivo de este trabajo fue definir áreas potenciales para la delimitación preliminar de UC en el municipio brasileño de Pinhalzinho, Estado de Santa Catarina, a partir de la integración de datos en un Sistema de Información Geográfica (SIG) conforme el estado actual de uso y ocupación del suelo en la región. Para la realización del trabajo fueron actualizados los datos de ocupación del suelo del año 2011 y seleccionados los fragmentos protegidos por el Código Forestal Federal. A partir de estos datos, fueron analizadas la forma y el nivel de fragmentación de cada uno de los relictos forestales y seleccionadas las áreas que eram ocupadas totalmente por propiedades rurales, minimizando los conflictos fundiarios. Como resultado se obtuvieron cinco áreas potenciales, que tuvieron caracterizada la ocupación del suelo para fines de mejor análisis y posible implementación de técnicas de recuperación ambiental.Since its creation as legal forms, Conservation Units were main form for take care of Brazilian natural resources. During last years, creation of Conservation Units for hotsposts ecosystems increased in number, as it can be seen for Atlantic Forest bioma. Remote sensing and geoprocessing can diagnose environmental situations with no target contact, so large territories as Brazil States or its Counties can be properly analyzed. Environmental data integration for Conservation Units delimitation using a Geographical Information System was the main goal for this research. Land occupation and land use thematic layers, multispectral satellite imagery and topographic surveyings from Pinhalzinho County (Santa Catarina State, Brazil) were used as sources data. Also, forest shape and its fragmentation were measured. Finally, five areas for potential Conservation Units boundary definition were classified. Over there, rural cadaster was used as boundary shape in order to minimize cust or conflicts during land buying processes.
Descrição: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/132577
Data: 2011


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
TCCCeciliaElenaSánchezDalottoBIOUFSC-11-2.pdf 5.777Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar