As transformações do mercado de trabalho brasileiro a partir de 1990 frente às transformações do capitalismo no final do século XX

DSpace Repository

A- A A+

As transformações do mercado de trabalho brasileiro a partir de 1990 frente às transformações do capitalismo no final do século XX

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina en
dc.contributor.advisor Ouriques, Helton Ricardo
dc.contributor.author Bertuzzi, Laura
dc.date.accessioned 2014-07-28T12:06:50Z
dc.date.available 2014-07-28T12:06:50Z
dc.date.issued 2007
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/122113
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia. en
dc.description.abstract Com o esgotamento do modelo fordista-taylorista, a partir da década de 70, introduz-se nas economias desenvolvidas um novo padrão, a produção flexível. Este novo padrão, baseado no advento das tecnologias da informação e comunicação, desencadearam um maior grau de interdependência entre as economias, a chamada globalização. Todas estas transformações causaram fortes impactos sobre o mundo do trabalho, aumentando a precarização das ocupações e a insegurança dos trabalhadores. Nos países em desenvolvimento, como no Brasil, tais transformações chegaram mais tarde e intensificando-se na década de 90. O presente trabalho pretende verificar as tendências do mercado de trabalho brasileiro a partir de 1990, quando o processo de reestruturação produtiva fica mais evidente. Para se obter tais resultados, foi realizada uma revisão teórica acerca das principais transformações do capitalismo e do mundo do trabalho desde 1970 e também do cenário econômico brasileiro na década. Após, através de dados estatísticos, levantados principalmente junto a PNAD (Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios) foi possível identificar as principais transformações do mercado de trabalho no país. O trabalho conclui que a exemplo do que acontece nos países desenvolvidos, no Brasil podem ser observados fenômenos como a precarização do trabalho, aumento do trabalho informal, maior número de ocupações no setor de serviços, maior participação feminina no mercado de trabalho. No entanto, as causas desses fenômenos podem não ser as mesmas daqueles países. Além disso, também é possível concluir que desde 2001, a tendência de aumento do desemprego e menor participação relativa do emprego formal apresentaram moderada reversão. en
dc.format.extent 67 f. en
dc.language.iso pt_BR en
dc.publisher Florianópolis en
dc.subject Trabalho en
dc.subject Mercado de Trabalho en
dc.subject Brasil en
dc.subject Globalização en
dc.title As transformações do mercado de trabalho brasileiro a partir de 1990 frente às transformações do capitalismo no final do século XX en
dc.type TCCgrad en


Files in this item

Files Size Format View
Economia293715.pdf 315.8Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account

Statistics

Compartilhar