Texto e contexto na construção de sentidos: a tradução em sala de aula de le

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Texto e contexto na construção de sentidos: a tradução em sala de aula de le

Mostrar registro completo

Título: Texto e contexto na construção de sentidos: a tradução em sala de aula de le
Autor: Melo, Noemi Teles de
Resumo: Esta pesquisa está inserida na interface tradução e ensino de línguas e tem como objetivo propor uma releitura do modelo funcionalista de tradução de Christiane Nord (1991) para a sala de aula de língua estrangeira (LE). Segundo a autora, a tradução é uma atividade intercultural na qual estão envolvidos uma série de elementos extralinguísticos que o tradutor deve considerar no momento de traduzir. Entre tais fatores, Nord destaca a figura do destinatário e também o propósito da tradução, isto é, o tradutor precisa saber para quem escreve como também qual é a finalidade do texto-alvo. Dessa maneira, para Nord, a tradução não é operação de transcodificação linguística na qual se passa um texto de uma língua para outra como se fosse uma atividade de equivalência, mas sim um processo complexo no qual o tradutor deve sempre levar em consideração que o texto não pode ser entendido isolado do seu entorno cultural. Com base nesse aporte teórico, aplicou-se um experimento no segundo semestre de 2010 com alunos do Curso de Letras Espanhol da Universidade Federal de Santa Catarina para testar como os estudantes reagiriam à prática de tradução em duas situações diferentes: o grupo experimental, chamado de grupo A, recebeu apoio da teoria funcionalista para traduzir dois textos do espanhol para o português e o grupo de controle, chamado de grupo B, realizou a mesma tarefa de tradução sem apoio do funcionalismo. A partir das análises realizadas, notou-se que o grupo A demonstrou maior preocupação em elaborar textos que fossem culturalmente reconhecidos pelo seu público-alvo, respeitando assim, o entorno cultural onde o texto circularia. Já o grupo B apresentou traduções literais, revelando uma preocupação em manter todas as informações contidas no texto-fonte, isto é, o foco recaiu somente em questões linguísticas. Com isso, objetivamos salientar a importância de se considerar a língua e a cultura como elementos indissociáveis no processo tradutório.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução
URI: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/106723
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
309930.pdf 106.7Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar