A Bracatinga (Mimosa scabrella) como componente arbóreo em pastagem polifítica sob pastoreio racional Voisin

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

A Bracatinga (Mimosa scabrella) como componente arbóreo em pastagem polifítica sob pastoreio racional Voisin

Mostrar registro completo

Título: A Bracatinga (Mimosa scabrella) como componente arbóreo em pastagem polifítica sob pastoreio racional Voisin
Autor: Ferreira, Thomás Lopes
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da espécie arbórea Bracatinga (Mimosa scabrella) na matéria orgânica (MO) e nitrogênio total (Ntotal) do solo, na quantidade de matéria seca (MS) e qualidade bromatológica (proteína Bruta # PB e lignina) e na composição botânica das forrageiras herbáceas em pastagem polifítica sob pastoreio racional Voisin (PRV). A amostragem foi realizada nos períodos de verão e inverno de 2011 no município de Pinhais # PR, Brasil. O delineamento experimental foi um fatorial (3 x 2 x 2) com dez repetições. Cada bloco foi formado pelas projeções da sombra de um individuo de Bracatinga (leste/oeste) e dois pontos a pleno sol. Os fatores foram: a) Sombreamento: Sombra Máxima; Sombra Intermediária e Sol; b) Orientação Solar: Leste e Oeste; c) Período: Verão e Inverno. A unidade experimental consistiu em um quadrante de 0,5m x 0,5m, no qual foram coletadas as amostras. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste quadrados mínimos das médias (P=0,05). A luz incidente na pastagem modificou-se em quantidade e qualidade na medida em que se aproximou do fuste da árvore e também ao longo do dia e das estações do ano. No verão ocorreu uma concentração da sombra nos tratamentos sob a projeção da copa (Sombra Máxima), o que acarretou na diminuição da produção vegetal da pastagem nesses ambientes. No inverno a diminuição da radiação solar foi observada nos tratamentos Sombra Intermediária, mas sem a concentração observada no verão. A diferença entre a radiação solar do período matutino e do período vespertino teve consequência na quantidade de MS produzida, mas também, e em especial, na ocorrência e no volume de massa verde das plantas herbáceas presentes na pastagem. As Gramíneas e plantas C4 apresentaram uma dinâmica de adaptabilidade maior para ambientes com maior radiação solar, mas também para alguns ambientes sombreados. O uso de profundidades mais superficiais para interpretar a dinâmica da MO do solo se mostrou mais efetivo do que o uso da profundidade de rotina (0 # 20 cm). Ambientes da pastagem submetidos à sombreamento podem apresentar níveis maiores ou iguais de produção em MS do que ambientes a pleno sol.<br>Abstract : The objective of this study was to evaluate the effect of tree species Bracatinga (Mimosa scabrella) of organic matter (OM) and total nitrogen (TN) of the soil and the amount of dry matter (DM), chemical quality (crude protein - CP and lignin ) and botanical composition of pasture forage under grazing rational Voisin. Sampling was conducted during summer and winter of 2011 in the city of Pinhais - PR, Brazil. The experimental design was a factorial (3 x 2 x 2) with ten replicates. Each block was formed by the projections of the shadow of an individual Bracatinga (east / west) and two points in full sun. The factors were: a) Shading: Maximum Shadow, Middle Shadow and Sun b) Solar Orientation: East and West; c) Period: Summer and Winter. The experimental unit consisted of one quadrant of 0.5 m x 0.5 m, in which samples were collected. The data were subjected to analysis of variance and the test of least square means (P = 0.05). The light incident on the grazing changed in quantity and quality as it approached the trunk of the tree, as well as, if modified throughout the day and the season. In the summer there was a concentration of the treatments under the shade canopy projection (Maximum Shadow), which resulted in decreased crop of pasture in these environments. In the winter, the solar radiation decrease in the Shadow Intermediate treatment, but without the observed concentration in the summer. The difference between the solar radiation during the morning and afternoon was therefore produced in the amount of dry matter, but also and in particular in the occurrence and amount of fresh herbaceous plants present in the pasture. The C4 plants and the grasses showed a greater adaptability to dynamic environments with higher solar radiation, but also for some shaded environments. The use of shallower depths to interpret the dynamics of SOM was more effective than the use of routine depth (0-20 cm). Environments subjected to shading of the pasture may have higher or equal levels of production in MS than in full sun environments.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/100744
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
310422.pdf 1.629Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Busca avançada

Navegar

Minha conta

Compartilhar