Mamãe vai ao supermercado: uma abordagem etnográfica das compras para o cotidiano

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Mamãe vai ao supermercado: uma abordagem etnográfica das compras para o cotidiano

Mostrar registro completo

Título: Mamãe vai ao supermercado: uma abordagem etnográfica das compras para o cotidiano
Autor: Goidanich, Maria Elisabeth
Resumo: Esta tese parte do estudo das práticas de compras em supermercados realizadas por mulheres com filhos de camadas médias, tendo como objetivo principal descrever e analisar as competências que as mesmas entendem como importantes para que possam ser consideradas "especialistas em consumo". Para entender estas práticas, discute o lugar ocupado pelas compras em supermercado na manutenção e construção das rotinas da vida cotidiana. O trabalho de campo teve lugar na cidade de Florianópolis (Brasil), de 2009 a 2011. A partir das observações das mulheres em ação no supermercado, considerado como palco de interações sociais diversas (diretas e indiretas), esta tese analisa as formas específicas de organização destas compras, as performances das compradoras durante as visitas às lojas (e o porquê de suas escolhas), assim como as relações que ali se estabelecem entre as compradoras, as lojas e os outros (sejam compradores, representantes do supermercados e atores sociais não diretamente presentes, como membros da família). As compras de abastecimento como parte do trabalho doméstico são, em geral, invisíveis e, como tal, raramente se tornam objetos de estudo. Neste sentido, esta tese busca inspiração em pesquisas de caráter etnográfico sobre as práticas de compras e estudos sobre o consumo, para poder identificar as especificidades das competências que atravessam as decisões que parecem banais e cotidianas. Entretanto, nos diversos capítulos mostro como desde a organização do tempo, a elaboração das listas, a seleção dos produtos, o equilíbrio dos desejos dos membros da família e a necessidades do orçamento doméstico, as tentações e os prazeres, os sentidos que permitem viajar no tempo e no espaço, e o controle das relações de gênero são elementos que podem estar ricamente imbricados numa ida ao supermercado.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/96415
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
302787.pdf 3.992Mb PDF Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar