Caracterização dos efeitos da Ilex paraguariensis e de compostos naturais e análogos na atividade anti-diabética

DSpace Repository

A- A A+

Caracterização dos efeitos da Ilex paraguariensis e de compostos naturais e análogos na atividade anti-diabética

Show full item record

Title: Caracterização dos efeitos da Ilex paraguariensis e de compostos naturais e análogos na atividade anti-diabética
Author: Pereira, Danielle Fontana
Abstract: O uso de plantas medicinais representa uma alternativa aos tratamentos clássicos realizados com fármacos industrializados. Os compostos fenólicos, principalmente os flavonóides, têm apresentado propriedades farmacológicas importantes, representando um alvo terapêutico promissor. Precursores de flavonóides, como as chalconas, também tem despertado interesse dos pesquisadores quanto a possíveis efeitos na diabetes. O objetivo do presente trabalho foi estudar a atividade anti-hiperglicêmica de frações e compostos isolados e/ou sintetizados a partir das fontes naturais. Os flavonóides isolados foram avaliados na atividade das ?-glicosidases. A espécie Ilex paraguariensis foi estudada quanto às propriedades fitoquímicas e biológicas na curva de tolerância à glicose e em modelos de diabetes induzidos experimentalmente, conteúdo de glicogênio hepático e muscular, inibição das enzimas ?-glicosidases e propriedades anti glicação. O estudo dos análogos de chalconas compreende a avaliação da glicemia de animais normais hiperglicêmicos e diabéticos submetidos ao tratamento com estes compostos, conteúdo de glicogênio, efeito nas dissacaridases intestinais, além do estudo do mecanismo de ação dessas estruturas na captação de glicose pelo músculo sóleo, comparando com o efeito da insulina e secreção de insulina. Para tanto, foram utilizados ratos Wistar machos entre 50-55 dias de idade. Para a realização da curva de tolerância à glicose as coletas de sangue foram realizadas nos tempos 0, 15, 30, 60 e 180 min. Nos ensaios para determinação do conteúdo de glicogênio os tecidos foram retirados dos ratos após 3 h do tratamento. As atividades das dissacaridases intestinais foram realizadas a partir de homogenatos da porção duodeno do intestino delgado. Os flavonóides rutina, quercetina, canferol e canferitrina reduziram a atividade das dissacaridases similarmente à acarbose, adicionando o intestino como alvo destes compostos na regulação da homeostasia da glicose. As infusões e frações da Ilex paraguariensis reduziram a glicemia de ratos hiperglicêmicos, sendo que a fração acetato de etila garantiu índices glicêmicos semelhantes aos verificados em ratos normoglicêmicos. A fração n-butanol aumentou o conteúdo de glicogênio do fígado de ratos tratados, inibiu as enzimas maltase, sacarase e lactase e a fração acetato de etila reduziu a atividade da enzima maltase. As frações da Ilex paraguariensis preveniram o processo de glicação em 7, 14 e 28 dias de incubação, sendo verificado em 28 dias conteúdo glicado quase inexistente para as frações e infusões. Finalmente, as frações promoveram a secreção de insulina em diferentes tempos. Sendo assim, é sugerido que a espécie Ilex paraguariensis atue de forma secretagoga de insulina e, alternativamente, reduz a elevação da glicemia através da diminuição da absorção de glicose intestinal. As chalconas quinolínicas foram estudadas na curva de dose apresentando efeito dose-dependente, onde a dose de 20 mg/ kg dos análogos atingiram níveis glicêmicos próximos aos valores basais. Adicionalmente, QC4 e QC11 promoveram a redução da glicemia de animais diabéticos, aumentaram a captação de glicose pelo músculo sóleo, além do conteúdo de glicogênio muscular e hepático, sugerindo múltiplos alvos de ação para estas quinolonas. QC10 reduz a atividade da enzima maltase. Com exceção da QC2, as demais quinolonas promoveram a secreção de insulina em diferentes tempos. Sendo assim, além da ação secretagoga de insulina, estes compostos também possuem potencial efeito insulinomimético.
Description: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Bioquímica
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/95068
Date: 2011


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar