Estudo do efeito antiinflamatório da Solidago chilensis Meyen em modelo de inflamação induzida pela carragenina, em camundongos

DSpace Repository

A- A A+

Estudo do efeito antiinflamatório da Solidago chilensis Meyen em modelo de inflamação induzida pela carragenina, em camundongos

Show full item record

Title: Estudo do efeito antiinflamatório da Solidago chilensis Meyen em modelo de inflamação induzida pela carragenina, em camundongos
Author: Liz, Rafael de
Abstract: Espécies do gênero Solidago têm sido utilizadas na medicina popular de diversos países no tratamento de infecções e na inflamação. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito antiinflamatório do extrato aquoso (AE) e de duas frações isoladas: fração butanólica (BuOH) e resíduo aquoso (AR) das raízes de Solidago chilensis Meyen, sobre os níveis de leucócitos, exsudação, mieloperoxidase (MPO), adenosina-deaminase (ADA), óxido nítrico (NOx), interleucina-1 beta (IL-1 ), quemocina para neutrófilos (KC), e fator de necrose tumoral-alfa (TNF- ), utilizando o modelo de inflamação induzida pela carragenina na bolsa de ar, em camundongos. Metodologia: As raízes da Solidago chilensis foram submetidas à extração, sob infusão. O extrato foi filtrado e uma alíquota liofilizada em Edward® (Edward®, EUA). Parte deste extrato foi fracionada com n-BuOH, resultando nas frações butanólica (BuOH) e resíduo aquoso (AR). Nos ensaios in vivo utilizaram-se camundongos albinos suíços de 2 meses de idade de ambos os sexos. Neste protocolo experimental, a bolsa de ar foi induzida em diferentes grupos, por meio da administração de 1,5 mL de ar durante três dias alternados. No sexto dia, a inflamação foi induzida pela administração de 0,5 mL de carragenina (Cg 1%, s.c.). Para analisar o efeito antiinflamatório do extrato e suas frações, diferentes grupos de animais foram tratados com AE (10-200 mg/kg,i.p.), BuOH ou AR (10-50 mg/kg,i.p.), 0,5 h antes da indução da inflamação. Os parâmetros inflamatórios foram avaliados 24 h após. A diferença estatística entre os grupos foi determinada pela análise dos testes estatísticos de variância (ANOVA) e pelo teste de Dunnett ou teste t de Student. Valores de P < 0.05 foram considerados significativos. Resultados: O extrato aquoso das raízes de Solidago chilensis (50-200 mg/kg) e suas frações (10-50 mg/kg, i.p.) reduziram significativamente os níveis de leucócitos, neutrófilos e exsudação (P < 0,01). Além disso, o material vegetal inibiu as atividades de MPO e ADA, além dos níveis de NO, IL-1 ,TNF- e KC (P < 0,05). A indometacina e a dexametasona inibiram todos os parâmetros estudados (P < 0,01), exceto a indometacina, que não inibiu os níveis de TNF- (P > 0,05) e a dexametasona, que não inibiu os níveis de KC (P > 0,05). Conclusão: O extrato aquoso e as frações isoladas da Solidago chilensis demonstraram importante atividade antiinflamatória, inibindo não somente os mediadores pró-inflamatórios liberados na inflamação pela carragenina, mas a infiltração de leucócitos para o sítio da inflamação. Além disso, os resultados obtidos com a Solidago chilensis são semelhantes àqueles obtidos com os animais tratados com indometacina ou dexametasona, indicando que estes podem ter uma via comum de ação antiinflamatória.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Farmácia.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/90712
Date: 2007


Files in this item

Files Size Format View
247012.pdf 335.5Kb PDF Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar