Uma abordagem docimológica: numa visão de qualidade no ensino

DSpace Repository

A- A A+

Uma abordagem docimológica: numa visão de qualidade no ensino

Show full item record

Title: Uma abordagem docimológica: numa visão de qualidade no ensino
Author: Wos, Eliane Regina
Abstract: Este trabalho tem o intuito de quebrar os mitos provocados pelo ensino tradicional, e apresentar a auto-avaliação e avaliação de grupo, como uma alternativa docimológica pertinente a um repensar crítico e transformador, através do despertar do aprender a ser, no educando, como sendo esta a pilastra que engloba as competências de responsabilidade, crescimento pessoal, satisfação das emoções positivas, em contraposição às emoções negativas provocadas pelos exames tradicionais. Partindo-se do pressuposto de que o professor, no processo contraditório que enfrenta entre a formação acadêmica recebida, desprovida muitas vezes de uma linguagem crítica e de um encaminhamento competente acerca das situações problemas que permeiam a avaliação e a prática de sala de aula, acaba adotando a conivência ou a obediência aos caminhos tempestuosos que o ensino lhe oferece para a prática profissional. A experiência foi vivenciada e refletida coletivamente por dois grupos de alunos, ambos acadêmicos do Curso Superior de Educação Física da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. O primeiro grupo iniciou sua vivência na disciplina de atividades rítmicas, do 1º ano do curso (1999), e retornou à experiência em na disciplina de ginástica rítmica desportiva no 3º ano do curso (2001). O segundo grupo vivenciou a pesquisa na disciplina de ginástica rítmica desportiva do 3º ano do curso (1999). E ainda, um terceiro grupo que serviu de base comparativa do sistema formal de avaliação, na disciplina de ginástica rítmica desportiva do 3º ano do curso. A maneira com que esta dissertação se apresenta, procura revelar esses momentos. No capítulo I, apresenta-se os aspectos introdutórios do trabalho. No capítulo II, apresenta-se a situação do ensino tradicional, como um impecílio sensível existente no processo da avaliação da aprendizagem, para a compreensão dos saberes solicitados nas quatro pilastras para a educação do século XXI. No capítulo III, apresenta-se o que seja a qualidade no ensino. No capítulo IV apresenta um estudo docimológico, e a proposta de Avaliação Formativa, sob a forma de auto-avaliação e avaliação de grupo. No capítulo V, apresentam-se os resultados e discussão dos depoimentos dados aos questionários e às entrevistas. À guisa da conclusão, levantam-se alguns aspectos para reflexão para trabalhos futuros. A pesquisa mostrou que há premente necessidade de reciclagem de professores, quanto a novas alternativas de avaliação. O resgate à qualidade no ensino não depende, porém, somente do professor e do aluno, mas sim de todo o complexo educacional. É necessário que tanto professor quanto aluno estejam imbuídos da consciência de uma nova postura para a prática de uma avaliação compromissada com o social e caracterizada pelo exercício de um saber-fazer competente e pedagógico. Desta forma a avaliação deixaria de ser um instrumento de tortura, para se transformar em um meio de aproximação e compartilhamento, pela qualidade do ensino, não mais do aluno mas do SER HUMANO.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/82777
Date: 2002


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar