Uma filosofia para enfermeiros :: o cuidar de si, a convivência com a finitude e a evitabilidade do burnout /

DSpace Repository

A- A A+

Uma filosofia para enfermeiros :: o cuidar de si, a convivência com a finitude e a evitabilidade do burnout /

Show full item record

Title: Uma filosofia para enfermeiros :: o cuidar de si, a convivência com a finitude e a evitabilidade do burnout /
Author: Radunz, Vera
Abstract: Nessa tese, sustenta-se que o enfermeiro que cuida de si convive melhor com a finitude, evitando o burnout. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratório-reflexiva, fundamentada em referenciais teóricos do burnout, da finitude e do cuidar de si. Os resultados da pesquisa foram agrupados em quatro categorias de análise: ser enfermeiro: cuidar de si cuidando do outro; estar bem/estar equilibrado: condição para cuidar; não cuidar de si e/ou pouco cuidar: justificativas; convivência: ambiente pesado/crises. O processo de reflexão oferece argumentos para que o enfermeiro reconheça sua realidade pessoal de ser finito, apontando caminhos para o reabastecimento de sua vitalidade por meio do cuidar de si, o que leva a um cuidar mais efetivo do outro. Contribui para a Enfermagem em geral e, especificamente, para a Enfermagem em Oncologia, pois procura despertar no profissional um compromisso com a vida, mesmo quando se convive dia a dia com a morte. Apresenta pressupostos para a evitabilidade do burnout por meio do cuidar de si aos que convivem constantemente com situações que evidenciam a finitude. Constitui-se, assim, numa Filosofia para Enfermeiros.
Description: Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Humanas.
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/80900
Date: 1999


Files in this item

Files Size Format View
152706.pdf 2.840Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar