Raciocínio baseado em casos: uma abordagem fuzzy para diagnóstico nutricional

DSpace Repository

A- A A+

Raciocínio baseado em casos: uma abordagem fuzzy para diagnóstico nutricional

Show full item record

Title: Raciocínio baseado em casos: uma abordagem fuzzy para diagnóstico nutricional
Author: Thé, Maria Alice Lagos
Abstract: Raciocínio Baseado em Casos (RBC) é uma técnica da Inteligência Artificial (IA), recentemente desenvolvida, para amenizar a elaboração de regras existentes em sistemas especialistas que modelam a cognição humana para resolver problemas. O RBC pode ser usado em circunstâncias específicas tais como para a determinação de um Diagnóstico Nutricional e Prescrição Dietética. Em muitos aspectos, é basicamente diferente de outras maiores abordagens da IA. Por acreditar que a matemática clássica sozinha não contempla todos os aspectos das escolhas desenvolvidas pela mente humana é que sentimos a necessidade de uma ferramenta mais flexível, onde possamos ter respostas em graus de cinza. É hábil para utilizar um específico conhecimento de experiências prévias, problemas com situações concretas (casos) e repetir o ato humano de relembrar prévios episódios resolvendo um dado problema por reconhecimento de outras afinidades. Para isso, integramos a metodologia do RBC e o modelo da Lógica Difusa no desenvolvimento deste sistema. Diagnóstico Nutricional e Prescrições Dietéticas são muito complexos, descrevendo estas considerações em parâmetros Fuzzy, como obesidade, comportamento individual, idade e tendências genéticas. O objetivo deste estudo, foi desenvolver um sistema inteligente que satisfizesse as necessidades de um especialista nutricionista ao determinar um Diagnóstico Nutricional e fornecer uma Prescrição Dietética a um indivíduo, utilizando-se ferramentas rápidas e próximas a cognição humana. A base de casos deste sistema, foi obtida através de um estudo realizado na instituição Pell Heart Survey Regional Municipality of Pell em 1997, na província de Ontário, Canadá. Esta pesquisa foi caracterizada como um estudo de casos, transversal e qualitativo. O objetivo da Instituição Peel neste estudo, foi determinar o estado nutricional desta população assim como diagnosticar doenças crônico degenerativas não transmissíveis. A Instituição Pell coletou o tamanho de uma amostra de 2000 sujeitos, foram aleatoriamente selecionados em uma população adulta entre 18 e 59 anos de idade, de ambos os sexos. Os riscos nutricionais desta população foram determinados pelas variáveis de índices de massa corporal (IMC), avaliação dietética, necessidades energéticas totais (NET), o nível de atividade física, pressão arterial, colesterol sangüíneo, história familiar, tabagismo, sexo e idade. Pegou-se as amostras da Pell e fez-se um tratamento e análise dos dados. Aplicou-se o modelo fuzzy para valorar os atributos e a metodologia do Raciocínio Baseado em Casos, utilizou-se para compor os casos reais e suas devidas soluções, na base de casos. Constituiu-se um conjunto de protótipos para facilitar a aquisição dos casos, agilizando a recuperação dos mesmos, diminuindo-se a necessidade de adaptação. A ferramenta utilizada para testar os pesos, foi a shell Esteem 1.4 da Esteem Software e o programa estatístico utilizado foi SPSS, versão 8.0. O tamanho da amostra foi adequada. Verificou-se a sustentabilidade da capacidade do modelo tendo em vista a importância do aprendizado com a experiência. A validação do modelo fuzzy e do RBC chegou próximo a 100%
Description: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico
URI: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/79411
Date: 2001


Files in this item

Files Size Format View
179202.pdf 381.2Kb PDF Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar