Permacultura na escola: o planejamento para implantação da horta orgânica como espaço de aprendizagem

DSpace Repository

A- A A+

Permacultura na escola: o planejamento para implantação da horta orgânica como espaço de aprendizagem

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Guzzatti, Thaise
dc.contributor.author Vanderlinde, Sebastião
dc.date.accessioned 2022-05-13T23:09:41Z
dc.date.available 2022-05-13T23:09:41Z
dc.date.issued 2022-03-12
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/234418
dc.description TCC (especialização) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Educação. Curso de Especialização em Permacultura. pt_BR
dc.description.abstract O objetivo deste Trabalho de Conclusão de Curso é o de planejar, seguindo os princípios e as éticas da Permacultura, a construção coletiva de um espaço, denominado horta escolar, no Centro de Educação Infantil Recanto Alegre, em Santa Rosa de Lima, como um ambiente de aprendizagem que potencialize o ensino de conceitos de ciências e de educação ambiental, para despertar o espírito crítico dos estudantes, professores, pais e comunidade sobre a relação sociedade e natureza e para a formação de cidadãos e cidadãs conscientes de suas responsabilidades ambiental e social em escala planetária. Para a consecução desse objetivo e para a fundamentação do planejamento, foi efetuada uma busca por trabalhos acadêmicos, artigos e publicações relacionadas ao tema permacultura, horta escolar e educação, tendo sido encontradas inúmeras experiências exitosas de aplicação da Cultura Permanente no espaço escolar. Foram realizadas, também, entrevistas semiestruturadas com as atuais gestoras municipais da educação e das escolas da Rede Municipal de Santa Rosa de Lima e com agricultores e técnicos que participaram ativamente do processo de introdução da permacultura em Santa Rosa de Lima, por volta do ano 2000, e são, hoje, possíveis colaboradores do projeto. As questões centrais discutidas se referiram aos potenciais e limitações da permacultura como estratégia de desenvolvimento e de educação ambiental. Com relação às potencialidades foi destacada a oportunidade de, através da horta escolar, criar um ambiente de ensino aprendizagem atrativo aos alunos, por permitir ao professor inovar na construção do conhecimento, ao mesmo tempo em que se impacta as reflexões e debates sobre as opções atuais de desenvolvimento do município. Conhecida como a Capital Catarinense da Agroecologia, o município retoma, na verdade, uma via predatória em relação à natureza. Ao propor o design da horta pedagógica permacultural e como serão reunidas as condições para sua implantação, indica-se que tais inovações na educação e na contenda sobre o futuro do município só se darão se a proposta for encarada, pelas comunidades escolar e do seu entorno, como um projeto coletivo, no qual cada um – pessoas e instituições – se veja como corresponsável pelo seu sucesso e por sua continuidade no longo prazo. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this End of Course Work is to plan, following the principles and ethics of Permaculture, the collective construction of a space, called a school garden, at the Recanto Alegre Kindergarten in Santa Rosa de Lima, as a learning environment that enhances the teaching of science concepts and environmental education, to awaken the critical spirit of students, teachers, parents and community about the relationship between society and nature and to form citizens who are aware of their environmental and social responsibilities on a planetary scale. To achieve this goal and to support the planning, a search was made for academic papers, articles, and publications related to permaculture, school gardens, and education. Semi-structured interviews were also carried out with the current municipal managers of education and of the schools of the Municipal Network of Santa Rosa de Lima, and with farmers and technicians who actively participated in the process of introducing permaculture in Santa Rosa de Lima, around the year 2000, and are, today, possible collaborators of the project. The central questions discussed referred to the potentials and limitations of permaculture as a strategy for development and environmental education. In relation to the potentials, the opportunity to create, through the school garden, an attractive teaching-learning environment for the students was highlighted, as it allows the teacher to innovate in the construction of knowledge, at the same time as it impacts the reflections and debates about the current development options of the municipality. Known as the Agroecology Capital of Santa Catarina, the municipality actually takes a predatory path in relation to nature. In proposing the design of the permacultural educational garden and how the conditions for its implementation will be gathered, it is indicated that such innovations in education and in the contention about the future of the municipality will only happen if the proposal is seen, by the school and surrounding communities, as a collective project, in which each one - people and institutions - see themselves as co-responsible for its success and its long-term continuity. pt_BR
dc.format.extent 89 pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis pt_BR
dc.subject Permacultura pt_BR
dc.subject Permaculture pt_BR
dc.subject Educação pt_BR
dc.subject Education pt_BR
dc.subject horta escolar pt_BR
dc.subject School food forest pt_BR
dc.title Permacultura na escola: o planejamento para implantação da horta orgânica como espaço de aprendizagem pt_BR
dc.type TCCes pt_BR
dc.contributor.advisor-co Schmidt, Wilson


Files in this item

Files Size Format View Description
vanderlinde_2022.pdf 2.529Mb PDF View/Open TCC

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar