Exercício físico aeróbico de endurance aumenta os níveis de dopamina e Irisina encefálica e produz comportamento do tipo-antidepressivo em camundongos

DSpace Repository

A- A A+

Exercício físico aeróbico de endurance aumenta os níveis de dopamina e Irisina encefálica e produz comportamento do tipo-antidepressivo em camundongos

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Cunha, Maurício Peña
dc.contributor.author Vieira Jr., Juliano Custódio
dc.date.accessioned 2020-02-28T14:39:33Z
dc.date.available 2020-02-28T14:39:33Z
dc.date.issued 2020-01-29
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/204373
dc.description TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia. pt_BR
dc.description.abstract O exercício físico é definido como todo movimento muscular que leva um gasto energético que ocorra de forma planejada, regular, repetitiva com o objetivo de melhora ou manutenção da aptidão física. A prática de exercício físico induz uma série de adaptações fisiológicas no organismo que ocorrem em diversos tecidos celulares como o musculo esquelético e cardíaco, ossos e o tecido nervoso. Os benefícios do exercício físico no sistema nervoso central (SNC) são bastante documentados na literatura cientifica, podendo ter ação neuroprotetora em diversas doenças mentais e neurológicas, como o transtorno depressivo maior. Entretanto, os mecanismos envolvidos na ação neuroprotetora do exercício físico na depressão ainda possuem muitas lacunas a serem estudadas. Desta maneira, em nosso estudo buscamos investigar os efeitos do exercício físico aeróbico de endurance na esteira sobre o comportamento, neuroplasticidade e no sistema redox de camundongos e a implicação da miocina Irisina nestes efeitos. Assim sendo, camundongos foram submetidos a um protocolo de exercício físico de endurance com duração de 45min, 5 vezes por semana, com uma carga inicial de 6m/min na primeira semana e com um acréscimo de 1m/min a cada semana de treinamento. 24 horas depois da última sessão de corrida, os animais passaram por uma bateria de testes comportamentais: teste nado forçado (TNF), teste suspensão pela cauda (TSC), teste do campo aberto (TCA), teste da borrifagem de sacarose (TBS), teste de preferência por sacarose (TPS). Concomitantemente aos testes comportamentais, dissecamos os músculos esqueléticos gastrocnêmio e quadríceps, os tecidos encefálicos hipocampo, estriado e cortéx pré-frontal para futuras análises bioquímicas. Nossos resultados demonstraram que a prática de exercício físico teve efeito do tipo-antidepressivo, diminuindo o tempo de imobilidade no TNF e no TSC. No TCA observamos que os animais treinados apresentavam uma menor latência para dar o primeiro passo, ficavam maior tempo no centro do aparato, e executavam mais vezes o comportamento de auto-limpeza, indicando assim um efeito do tipo ansiolítico do nosso protocolo de exercício físico. Nas análises neuroquímicas, os resultados demonstraram que o exercício físico não alterou a atividade de enzimas antioxidantes e nem de marcadores oxidativos nos músculos esqueléticos e no encéfalo dos camundongos. Porém, os níveis de dopamina e de Irisina foram aumentados no cortéx pré-frontal dos animais treinados. Desta maneira, concluímos neste trabalho que o protocolo de exercício físico aeróbico de endurance produz efeito tipo antidepressivo e ansiolítico, e este efeito pode ser dependente da biodisponibilidade de dopamina e da miocina Irisina. pt_BR
dc.format.extent 80 pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC. pt_BR
dc.rights Open Access en
dc.subject Exercício físico pt_BR
dc.subject depressão pt_BR
dc.subject Irisina pt_BR
dc.subject sistema redox pt_BR
dc.title Exercício físico aeróbico de endurance aumenta os níveis de dopamina e Irisina encefálica e produz comportamento do tipo-antidepressivo em camundongos pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR
dc.contributor.advisor-co Dafré, Alcir Luiz


Files in this item

Files Size Format View
TCC Juliano Custódio Vieira Junior.pdf 1.089Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar