Responsabilidade Civil do Estado pela exposição abusiva de investigados na mídia

DSpace Repository

A- A A+

Responsabilidade Civil do Estado pela exposição abusiva de investigados na mídia

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Niebuhr, Pedro de Menezes
dc.contributor.author Oliveira, Murillo Preve Cardoso de
dc.contributor.author Oliveira, Murillo Preve Cardoso de
dc.date.accessioned 2020-01-07T13:22:26Z
dc.date.available 2020-01-07T13:22:26Z
dc.date.issued 2018-07-03
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/203524
dc.description TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito. pt_BR
dc.description.abstract Em um panorama em que as investigações ganham aspecto de espetáculo midiático, com operações amplamente publicitadas, os direitos da personalidade dos investigados mostram-se aspecto por vezes negligenciados e explorados indevidamente. Portanto, pretende-se com essa pesquisa elaborar um estudo sobre os cenários em que reste configurada a Responsabilidade Civil do Estado pela exposição abusiva de investigados na mídia. O trabalho é dividido em três capítulos, em que o primeiro trata da Responsabilidade Civil do Estado em um aspecto mais amplo, abordando o seu conceito e como sua evolução histórica ocorreu, além da análise de características que são fundantes do instituto. O segundo capítulo parte para uma revisão bibliográfica do princípio da publicidade, fazendo um paralelo aos direitos da personalidade, e finalizando com um estudo da ponderação entre esses dois institutos. Isso, porque, tratando-se da exposição abusiva de investigados na mídia, esses dois preceitos fundamentais são, muitas vezes, colocados em contraponto. Por fim, no terceiro capítulo, faz-se um amplo estudo do instituto da investigação no ordenamento jurídico brasileiro, para em seguida realizar-se uma análise crítica dessas investigações frente à mídia e o seu constitucional direito de informar alçado na liberdade de expressão. Finalizado o exame desses mencionados temas, a pesquisa inicia a análise de três hipóteses exemplificativas em que a Responsabilidade Civil do Estado pela exposição abusiva de investigados na mídia estaria evidente, sendo elas: (i) quando a publicidade da investigação fere a presunção de inocência; (ii) a publicidade da investigação ocorrer com imprudência, imperícia e/ou negligência; e, (iii) a publicidade da investigação é utilizada pelo agente investigador com desvio de finalidade. Em síntese, adentra-se no presente trabalho em campo pouco explorado até então pela doutrina nacional e pelos próprios tribunais superiores: a Responsabilidade Civil do Estado originada de investigações que vão de encontro aos preceitos legais. Para tanto, utilizar-se-á o método dedutivo, em que a partir das informações coletadas, será utilizada a dedução para obter-se uma conclusão a respeito do assunto. pt_BR
dc.format.extent 155f pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.rights Open Access
dc.title Responsabilidade Civil do Estado pela exposição abusiva de investigados na mídia pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR


Files in this item

Files Size Format View Description
TCC_versão_repositório.pdf 2.207Mb PDF View/Open TCC

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar