Pós-humanidade: a antropologia no espelho

DSpace Repository

A- A A+

Pós-humanidade: a antropologia no espelho

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Cesarino, Letícia Maria Costa da Nóbrega
dc.contributor.author Eduardo, Galvani
dc.date.accessioned 2019-09-11T20:35:46Z
dc.date.available 2019-09-11T20:35:46Z
dc.date.issued 2019-07-15
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/200509
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Ciências Sociais. pt_BR
dc.description.abstract Ao compreender que a humanidade é um dos temas basilares da Antropologia, penso que convém à disciplina investigar também o que pode significar o conceito de pós-humanidade dentro da sua própria estrutura epistemológica. Assim, com base em alguns referenciais teóricos adequados para esta finalidade, esta pesquisa visa estudar o conceito da pós-humanidade a partir de três perspectivas identificadas para sua possível interpretação: 1) A pós-humanidade considerada a “Primeira Natureza”: o meio ambiente natural onde nos situamos, com todos os demais elementos que o constituem, aqueles que existem por si só e independem da própria existência humana (o cosmos, o planeta Terra com seus reinos animal, vegetal, mineral e etc.). 2) A pós-humanidade enquanto “Segunda Natureza”, que compreende todos os elementos, artefatos e estruturas artificiais hoje existentes no mundo, tudo aquilo que tem origem exclusivamente posterior e condicionada à existência humana: as estruturas sociais e culturais (em suas dimensões físicas e simbólicas) produzidas pelos próprios seres humanos; 3) Por fim, a pós-humanidade enquanto o “vir-a-ser” da humanidade: a humanidade do futuro, ou, em outras palavras, o Ser Humano do amanhã — condição a ser analisada aqui com base nas possibilidades vislumbradas a partir das teorias e conceitos antropológicos e filosóficos que este ensaio trará por referência. Assim, tendo por tema central a noção de pós-humanidade, o presente texto propõe então analisar tal conceito no contexto teórico da Antropologia, sob os pressupostos antropológicos que também fundamentam o conceito de humanidade. Através de uma narrativa que contemplará algumas considerações sobre as origens e o desenvolvimento histórico de algumas das principais vertentes da Antropologia — as quais contribuíram para consolidar a concepção de humanidade na modernidade —, esta pesquisa abrangerá também algumas teorias filosóficas que dialogam com o tema, no intuito de então conduzir o leitor a uma compreensão mais ampla do objeto teórico pós-humanidade na contemporaneidade. Considerando inicialmente a estruturação e as principais transformações paradigmáticas que ocorreram ao longo do desenvolvimento da disciplina antropológica em sua fase moderna — incluindo as críticas promovidas pelas vertentes da Antropologia Cultural ao evolucionismo e !7 ao etnocentrismo biológico clássicos, e a Virada Linguística enquanto movimento teórico que estimulou e consolidou uma nova visão ontológico-existencial na disciplina, permitindo expandir a abrangência do pensamento antropológico para além a tradicional perspectiva antropocêntrica —, o texto será desenvolvido em formato de ensaio analítico e dissertativo, elaborado a partir das fundamentações antropológicas e filosóficas classificadas em pesquisa bibliográfica prévia, as quais tenham sido reveladas instrumentos teóricos essenciais para a compreensão e para o desenvolvimento das noções de humanidade e pós-humanidade. Assim, além de fornecer um panorama sobre o processo histórico de desenvolvimento dos principais recursos teórico-metodológicos da Antropologia e contemplar os contextos teóricos onde pode-se melhor situar a noção de pós-humanidade, esta análise utilizará também por referência alguns conceitos-chave da Filosofia e de outras disciplinas das ciências humanas (Sociologia e Psicologia, por exemplo) que contribuem para um melhor entendimento de alguns dos principais aspectos que orientam a constituição da humanidade enquanto objeto teórico, e que possibilitam então ampliar a compreensão também sobre o conceito de póshumanidade, considerando tanto a dimensão física (biológica) como a metafísica (cultural) do objeto. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.rights Open Access
dc.subject Pós-humanidade pt_BR
dc.subject Humanidade pt_BR
dc.subject Condição Humana pt_BR
dc.subject Antropologia pt_BR
dc.title Pós-humanidade: a antropologia no espelho pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
Pós-Humanidade ... vani - Com Assinaturas.pdf 3.089Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar