A atividade do guia de turismo: contexto de trabalho e aspectos ergonômicos

DSpace Repository

A- A A+

A atividade do guia de turismo: contexto de trabalho e aspectos ergonômicos

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina
dc.contributor.advisor Vergara, Lizandra Garcia Lupi
dc.contributor.author Zettermann, Gabriel Dunchatt
dc.date.accessioned 2018-11-08T03:04:11Z
dc.date.available 2018-11-08T03:04:11Z
dc.date.issued 2018
dc.identifier.other 355372
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/191168
dc.description Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2018.
dc.description.abstract Entre tantos prestadores de serviços da indústria do turismo, dos quais incluem os meios de hospedagens, agências de turismo e empresas de transporte turístico, a que se destaca é a profissão do guia de turismo. Por desempenhar um papel essencial e vital na impressão global de um destino turístico, satisfação dos turistas e sucesso de um passeio ou viagem. O guia de turismo é um profissional polivalente que faz a adequação entre o turista e a comunidade visitada, servindo de anfitrião, um especialista em viagens guiadas com a responsabilidade de iniciá-la, desenvolvê-la e finalizá-la. Contudo, é uma profissão exigente e estressante, uma fonte de aborrecimento, cheio de expectativas emocionais, muitas vezes negligenciada pela indústria de turismo, menosprezada pelas agências de turismo e estereotipada por aqueles que não a conhecem. Na literatura produzida para esse tema existem lacunas a serem preenchidas, principalmente sobre o contexto de trabalho e a ergonomia. Diante disto, este estudo teve como objetivo compreender, sob o viés da ergonomia, como a profissão de guia de turismo está caracterizada no Brasil, para a indústria do turismo e a sociedade. Baseado nas atividades realizadas em seu ambiente de trabalho, como está inserida nas normas jurídicas brasileiras e nas relações dos profissionais referente à organização e condições de trabalho. A aplicação de uma Análise Ergonômica do Trabalho (AET) foi o principal norteador para a construção desta pesquisa, por meio da análise de demanda, tarefa e atividade, utilizando como instrumentos de coleta de dados: análise das referências bibliográficas, pesquisas documentais, observações e entrevistas com os guias de turismo. Os resultados obtidos demonstraram as dificuldades enfrentadas pelos guias de turismo, relacionados à variedade de atividades realizadas simultaneamente centradas em lidar com pessoas de diferentes tipos e exigências. Nos quais, executam essas atividades em condições de trabalho precárias, mesmo sendo uma ocupação regulamentada no Brasil e com sindicato próprio, providas de uma organização do trabalho com divergências nas relações entre contratante e contratado. No fim, são fatores determinantes nos comportamentos desses trabalhadores nas necessidades de realizar constantemente regulações das atividades do trabalho para alcançarem seus objetivos, metas e a satisfação profissional, mesmo que impliquem em estresse e sobrecargas de trabalho.
dc.description.abstract Abstract : Among so many service providers in the tourism industry, of all means of accommodation, tourist agencies and touristic transport companies, the stand out is a profession of tour guide. By playing a vital and vital role in the overall impression of a tourist destination, the satisfaction of tourists and the success of a trip or trip. The tour guide is a multi-purpose professional who makes the adjustment between the tourist and the visited community, serving as a host, a guided tour specialist with the responsibility of initiating, developing and finalizing it. However, it is a demanding and stressful profession, a source of annoyance, full of emotional expectations, often neglected by the tourism industry, overlooked by tourism agencies and stereotyped by those who do not know it. In the literature produced for this theme there are gaps to be filled, especially on the work context and ergonomics. In view of this, this study aimed to understand, under the ergonomics bias, how the profession of tour guide is characterized in Brazil, for the tourism industry and society. Based on the activities carried out in its work environment, as it is inserted in the Brazilian legal norms and in the relations of professionals related to the organization and working conditions. The application of an Ergonomic Work Analysis (EWA) was the main guide for the construction of this research, through the analysis of demand, task and activity, using as instruments of data collection: analysis of bibliographical references, documentary research, observations and interviews with tour guides. The results obtained demonstrated the difficulties faced by tour guides, related to the variety of activities carried out simultaneously focused on dealing with people of different types and requirements. In which they perform these activities in precarious working conditions, even though it is a regulated occupation in Brazil and with its own union, provided by an organization of work with divergences in relations between contractor and contractor. In the end, they are determining factors in the behaviors of these workers in the need to constantly regulate work activities to achieve their goals and job satisfaction, even if they imply stress and work overload. en
dc.format.extent 199 p.| il., tabs.
dc.language.iso por
dc.subject.classification Engenharia de produção
dc.subject.classification Ergonomia
dc.subject.classification Guias de turismo
dc.subject.classification Ambiente de trabalho
dc.title A atividade do guia de turismo: contexto de trabalho e aspectos ergonômicos
dc.type Dissertação (Mestrado)


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar