Portugal pós-crise de 2008: uma análise das medidas de austeridade

DSpace Repository

A- A A+

Portugal pós-crise de 2008: uma análise das medidas de austeridade

Show simple item record

dc.contributor Universidade Federal de Santa Catarina pt_BR
dc.contributor.advisor Vasconcelos, Daniel de Santana
dc.contributor.author Batista, Maria Luiza Speck
dc.date.accessioned 2018-07-24T15:21:09Z
dc.date.available 2018-07-24T15:21:09Z
dc.date.issued 2018-07
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/188578
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia. pt_BR
dc.description.abstract A exposição que segue demonstra um problema sobre a defesa da utilização de medidas de austeridade como resposta a crises econômicas. A crise de 2008, e a crise na zona do euro que se seguiu, foi o cenário político que abriu espaço para a discussão sobre a austeridade e sua defesa como única alternativa para os países afetados retomarem seu crescimento. Entretanto, os resultados dessas medidas implantadas na Europa demonstraram a necessidade de uma análise mais crítica sobre sua eficácia. A partir daí toma-se Portugal como exemplo de fracasso da austeridade e dos impactos nocivos dessa política na economia e no bem-estar social do país. A crise sistêmica e seus desdobramentos também mostram a importância do estudo das causas de crises econômicas para além do debate mainstream, que reduz o problema à indisciplina fiscal dos governos. pt_BR
dc.format.extent 50 f. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Florianópolis, SC pt_BR
dc.subject Austeridade. Crise de 2008. Portugal. Zona do Euro. pt_BR
dc.title Portugal pós-crise de 2008: uma análise das medidas de austeridade pt_BR
dc.type TCCgrad pt_BR


Files in this item

Files Size Format View
Monografia Maria Luiza Speck.pdf 1.180Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar