Configuração espacial e criminalidade: o caso do campus universitário Reitor João David Ferreira Lima em Florianópolis

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Configuração espacial e criminalidade: o caso do campus universitário Reitor João David Ferreira Lima em Florianópolis

Mostrar registro completo

Título: Configuração espacial e criminalidade: o caso do campus universitário Reitor João David Ferreira Lima em Florianópolis
Autor: Soares, Mariana
Resumo: As frequentes discussões sobre a segurança nos campi universitários, assim como a divulgação cada vez maior na mídia sobre os crimes que ocorrem nesses locais, parecem não ter a devida repercussão no planejamento físico dessas instituições. Com o propósito de trazer essa discussão para a pesquisa acadêmica, investigam-se características físicas do espaço que podem estar associadas à maior e menor ocorrência de crimes em campi universitários, realizando um estudo empírico no campus da Universidade Federal de Santa Catarina, Reitor João David Ferreira Lima, em Florianópolis-SC. Trata-se de estudo com caráter predominantemente qualitativo, que por meio de procedimento descritivo, a partir de modelo teórico criado pela autora, analisa e relaciona as seguintes variáveis: quantidade das ocorrências criminais de furto e roubo (dependente); características físicas - amplitude visual (barreiras visuais e intervisibilidade), conexões visuais, presença de ?esconderijos?, conexões funcionais, permeabilidade, quantidade de pessoas transitando pelo local, variedade de uso do solo, atratores de pessoas, iluminação, aparência do local e recursos de segurança (independentes); e caracterização econômica do entorno e valores de bens para furto e roubo (de controle). Os locais de análise (estacionamentos, bicicletários e caminhos) foram selecionados aos pares, sendo formados por locais que apresentassem índices de crimes contrastantes, dessa forma sendo possível comparar suas características físicas. Os resultados desta tese confirmam que as variáveis estudadas influenciam de diferentes formas nos tipos de crimes investigados em seus respectivos locais de análise (estacionamentos, bicicletários, caminhos). A melhor visibilidade do ambiente, assim como uma boa aparência estão associadas com menos ocorrências criminais. Já a maior movimentação de pessoas e permeabilidade dos espaços estão associadas a menos ocorrências nos crimes de furto e roubo de/em veículos e roubo de transeunte, porém não no crime de furto de/em bicicletas. Assim, um maior conhecimento sobre características físicas que podem influenciar na ocorrência de crimes parece ser necessário para que planejadores e arquitetos tenham consciência de como suas decisões projetuais, ao potencializarem ou restringirem a movimentação de pessoas, a visibilidade no local, entre outras características, podem oportunizar ou inibir a ocorrência de crimes.Abstract : Frequent discussions about security on university campuses, as well as the increasing media disclosure of the crimes that occur within these sites, do not seem to have the right repercussion on the physical planning of these institutions. With the purpose of bringing this discussion to academic research, we investigate the physical characteristics of space that may be associated with the highest and lowest occurrence of crimes on university campuses, conducting an empirical study on the campus of the Federal University of Santa Catarina, Rector João David Ferreira Lima, in Florianópolis-SC. This study is predominantly qualitative character, which through a descriptive procedure, based on a theoretical model created by the author, analyzes and relates the following variables: quantity of criminal occurrences of theft and robbery (dependent); Physical characteristics - visual range (visual barriers and intervisibility), visual connections, presence of "hiding places", functional connections, permeability, number of people walking through the site, variety of land use, attractors, lighting, appearance of the site and resources Security (independent); And economic characterization of the environment and values of goods for theft and theft (of control). The analysis sites (parking lots, bicycle paths and paths) were selected in pairs, being formed by sites with contrasting crime rates, so that it was possible to compare their physical characteristics. The results of this thesis confirm that the studied variables influence in different ways the types of crimes investigated in their respective places of analysis (parking lots, bicycle paths). Better visibility of the environment as well as good looks are associated with fewer criminal occurrences. On the other hand, the greater movement of people and the permeability of spaces are associated with less occurrences in the crimes of robbery and robbery of vehicles and robbery of passersby, but not in the crime of robbery of / on bicycles. Thus, greater knowledge about physical characteristics that may influence the occurrence of crimes seems to be necessary for planners and architects to be aware of how their design decisions by potentiating or restricting the movement of people, visibility at the site, among other characteristics, may provide or inhibit the occurrence of crimes.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Florianópolis, 2017.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/183421
Data: 2017


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
350364.pdf 13.07Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar