Análise da expressão relativa de genes pró e antiviral em células Jurkat estimuladas com a proteína Tat do HIV-1

DSpace Repository

A- A A+

Análise da expressão relativa de genes pró e antiviral em células Jurkat estimuladas com a proteína Tat do HIV-1

Show full item record

Title: Análise da expressão relativa de genes pró e antiviral em células Jurkat estimuladas com a proteína Tat do HIV-1
Author: Suterio, Dalila Gianini
Abstract: O vírus da imunodeficiência humana do tipo 1 (HIV-1) é capaz de infectar células do sistema imune humano através da interação com receptores encontrados na superfície dessas células. A síndrome da imunodeficiência humana (aids) é considerada o estágio final da infecção pelo HIV, podendo desenvolver-se de forma diferenciada entre diferentes indivíduos devido a fatores genéticos e imunológicos. Objeto deste estudo, o gene regulador tat tem importante atuação na fase inicial da infecção, garantindo a replicação viral e influenciando a patogenicidade da doença, pois codifica uma proteína responsável pela transativação da replicação dos genes virais. A forma extracelular da proteína Tat, liberada por células infectadas, é capaz atuar sobre células responsivas não infectadas e induzir a apoptose nessas células através do efeito bystander. O objetivo deste TCC foi avaliar os níveis de expressão de moléculas pró e antiviral em células Jurkat estimuladas com a proteína recombinante Tat do HIV-1 subtipo C, através da técnica de qPCR. Os resultados foram obtidos pelo método ΔΔCq, utilizando a expressão relativa dos genes de interesse TRIM5α e LEDGF/p75 comparada com a expressão relativa dos genes de referência TBP e B2M. Subsequentemente utilizou-se o programa GraphPad Prisma versão 6 para a análise de ANOVA one-way com pós teste Bonferroni. Para ambos os genes observou-se um aumento significativo na expressão relativa nas primeiras 24 horas de incubação (p<0,0001), havendo uma redução, também significativa, em 48 horas, retornando aos níveis basais em 72 horas (não significativo). Sabendo-se que a proteína Tat do HIV-1 induz a apoptose em células Jurkat por efeito bystander, a diminuição significativa observada na expressão de TRIM5α e LEDGF/p75, ao longo do período de incubação, também depende de características da própria regulação gênica ou do ambiente celular.
Description: TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/182047
Date: 2017-12-11


Files in this item

Files Size Format View Description
TCC_Dalila_Gianini_Suterio.pdf 951.9Kb PDF View/Open Trabalho de conclusão de curso em ciências biológicas da graduanda Dalila Gianini Suterio

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar