Desenvolvimento de mudas de feijoa (Acca sellowiana) inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares em diferentes doses de fósforo

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Desenvolvimento de mudas de feijoa (Acca sellowiana) inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares em diferentes doses de fósforo

Mostrar registro completo

Título: Desenvolvimento de mudas de feijoa (Acca sellowiana) inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares em diferentes doses de fósforo
Autor: Mendes, Nickolas Santos
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inoculação de fungo micorrízico arbuscular (FMA) no desenvolvimento de mudas de feijoa em substrato com diferentes doses de fósforo. Um experimento em casa de vegetação foi conduzido em esquema fatorial 4x4 com o fator inoculante (sem inóculo ou inoculado com Acaulospora morrowiae, Gigaspora albida, ou Rizophagus clarus) e doses de fósforo (0, 50, 100 e 150 mg.kg-1) com cinco repetições por tratamento. Após 90 dias, avaliaram-se altura, massa seca de raiz e parte aérea, acúmulo de fósforo na parte aérea, colonização micorrízica e índice de qualidade de Dickson (IQD). A aplicação de fósforo aumentou a altura das mudas e reduziu a colonização micorrízica. Mudas inoculadas com G. albida e A. morrowiae apresentaram comportamento similar, com maior produção de biomassa que plantas não inoculadas ou inoculadas com R. Clarus. O conteúdo de fósforo foi maior nas mudas inoculadas com G. albida quando comparada com o controle e A. morrowiae ficou entre os dois. A maior taxa de colonização micorrízica estava associada com G. albida e a menor com R. clarus. Todas as mudas inoculadas apresentaram maior IQD que as não inoculadas. Mudas de feijoa respondem à aplicação de fósforo e G. albida apresentou maior eficiência no desenvolvimento e qualidade das mudas, principalmente sob baixas doses de fósforo, enquanto R. clarus foi similar ao controleThe aim of this research was to evaluate the effect of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) inoculation on the development of feijoa (pineapple guava) seedlings in a substrate with varying phosphorus levels. A greenhouse experiment was carried out in a 4x4 factorial design with inoculation treatments (uninoculated or inoculated with Acaulospora morrowiae, Gigaspora albida, or Rizophagus clarus) and phosphorus doses (0, 50, 100, and 150 mg.kg-1) with five replicates per treatment. After 90 days, seedling height and dry matter were evaluated, as well as shoot P content, root mycorrhizal colonization, and Dickson’s seedling quality index (QID). Phosphorous application increased seedling height and decreased AMF colonization. Seedlings inoculated with G. albida or A. morrowiae presented similar behavior, with higher biomass than uninoculated or R. clarus inoculated plants. Phosphorous content was higher in G. albida inoculated seedlings, as compared to control plants, with the other fungi in an intermediate position. The highest root colonization rates were associated with G. albida and the lowest with R. clarus. All AMF inoculated seedlings had higher quality Index (QID) than uninoculated ones. Feijoa seedlings respond to phosphorus application, and G. albida showed the highest efficiency in promoting plant growth and seedling quality, especially under low phosphorous level, while R. clarus was very similar to the uninoculated control.
Descrição: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Agrárias. Curso de Agronomia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/178250
Data: 2017-08-11


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
TCC - Nickolas Santos Mendes.pdf 254.1Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar