Território e planejamento urbano em Blumenau

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Território e planejamento urbano em Blumenau

Mostrar registro completo

Título: Território e planejamento urbano em Blumenau
Autor: Policarpo, Janea
Resumo: A história do município de Blumenau está fortemente atrelada às grandes cheias do Rio Itajaí-Açu, principal rio que corta o município. Haja vista que com as cheias o município convive com deslizamentos e a situação agravou-se nos últimos anos devido a um processo intenso de ocupação das encostas. A configuração geológica e geomorfológica de seu sítio físico oferece fortes condicionantes à ocupação humana e ao processo de urbanização. A implantação dos complexos industriais foi, historicamente, pouco sensível a estas questões, impulsionando dinâmicas de expansão urbana em áreas pouco propícias a tais usos. A gestão pública do território, inicialmente, não identificou ou se omitiu a tais problemáticas, ratificando a dinâmica de concentração demográfica, de fluxos, equipamentos, infraestrutura e serviços em áreas com fortes condicionantes ambientais. Neste cenário, percebe-se uma intensa disputa entre atores e grupos sociais por áreas livres de riscos de enchentes e deslizamentos, intentando que a forte restrição na disponibilidade de terra urbanizável exacerba os conflitos territoriais. Considerando-os que são elucidativos na compreensão dos caminhos trilhados pelo Planejamento Urbano institucionalizado em Blumenau: seus atores, suas instâncias, seus processos e produtos. Em vista disso, esta pesquisa objetiva analisar o território do município de Blumenau e seu planejamento urbano, com um olhar voltado às disputas por espaços seguros para os diversos usos urbanos: indústria, habitação, serviços, comércio etc. Compreende-se que estas disputas se manifestam na forma assumida pelo planejamento urbano em Blumenau, por meio da análise crítica de seus planos diretores. Especificamente, ela reflete como tais disputas estiveram presentes no processo de revisão do Plano Diretor de 2006 e do Código de Zoneamento de 2010 no município de Blumenau. Além disso, entende-se que as dinâmicas inscritas no processo de elaboração do Plano e que abarcam tais disputas se materializaram em conteúdos presentes no plano diretor: diretrizes, macrozoneamento, zoneamento e demais instrumentos urbanísticos contidos no projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores.<br>Abstract : The history of the city of Blumenau is strongly linked to major floods of Itajaí-Acu River, the main river that bisects the city. Along flood the city coexists with slides, a situation aggravated in recent years by an intense process of occupation of the slopes. The geological and geomorphological setting up your physical site has therefore offered strong constraints to human settlement and the process of urbanization. The implementation of the industrial complex has historically been very sensitive to these issues, driving dynamics of urban expansion in some areas suitable for such uses. Public land management initially did not identify or omitted from such problems, confirming the dynamics of demographic concentration, flow, equipment, infrastructure and services in areas with strong environmental constraints. In this scenario realizes an intense dispute between actors and social groups by areas free from risks of floods and landslides. The strong constraint on the availability of developable land ultimately exacerbate territorial conflicts. We believe that these conflicts are instructive in understanding the paths taken by the Urban Planning institutionalized in Blumenau: his actors, their bodies, their processes and products. This research aims to analyze the municipality of Blumenau and its urban planning with an eye toward the disputes safe spaces for various urban uses: industry, housing, services, trade, etc. We seek to understand how these disputes are manifested in the form assumed by the urban planning in Blumenau, through critical analysis of their master plans. More specifically this research seeks to understand how such disputes were present in the review process of the Master Plan of 2006 and the 2010 Zoning Code in the city of Blumenau. More than understanding the dynamics registered in the drafting of the Plan, we will seek to understand how these disputes materialized in content present in the master plan: guidelines, macro-zoning, zoning and other urban instruments contained in the bill passed by the City Council.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2016.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/172265
Data: 2016


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
343064.pdf 6.042Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar