Avaliação do processo de implementação de programa de prevenção escolar do uso de drogas na percepção dos professores participantes

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Avaliação do processo de implementação de programa de prevenção escolar do uso de drogas na percepção dos professores participantes

Mostrar registro completo

Título: Avaliação do processo de implementação de programa de prevenção escolar do uso de drogas na percepção dos professores participantes
Autor: Lopes, Jane Moraes
Resumo: Esta tese é um recorte do projeto de pesquisa/intervenção "Avaliação de Programas Preventivos aos problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas", e apresenta a avaliação da implementação piloto do programa Unplugged de prevenção escolar, na perspectiva dos professores participantes. A avaliação foi conduzida nas fases de planejamento, execução e avaliação conforme o modelo de Donabedian (estrutura-processo-resultado). O estudo caracteriza-se pela metodologia mista: dados foram levantados utilizando-se instrumentos qualitativos (diários de campo e grupos focais) e quantitativos (questionários). As análises foram baseadas na Grounded Theory, na estastística descritiva e na triangulação dos dados. Conforme as temáticas emergentes, os resultados foram organizados na forma de 4 artigos, compondo textos independentes e complementares, seguidos de uma discussão integrativa do conjunto de resultados com o intuito de aprofundamento da compreensão do fenômeno estudado. A revisão sistemática sobre avaliação de programas de prevenção do uso de álcool e drogas evidenciou que a combinação de metodologias qualitativa e quantitativa oferecem resultados mais abrangentes, sugerindo-se que avaliações devam contemplar estrutura, processo e resultados dos programas. As concepções prévias sobre drogas dos educadores que aceitaram articipar da implementação do Unplugged confirmaram que a maioria deles não tinha formação ou experiência com práticas preventivas e acreditavam que a prevenção deveria ser realizada por especialistas; observou-se predominância do discurso proibicionista sobre uso de drogas, com tendência a atitudes punitivas em relação aos usuários. Os participantes avaliaram positivamente tanto a formação oferecida para os profissionais que aplicariam o programa quanto a metodologia proposta. O Unplugged foi percebido como um programa diferenciado, pela metodologia participativa e conteúdos mais abrangentes, inclusive desenvolvimento de habilidades de vida, que pode ser incorporado ao projeto pedagógico da escola e ser aplicado por professores. Dificuldades em realizar todas as atividades no tempo previsto e em manter a programação curricular de suas disciplinas foram registradas, além de observações quanto à dificuldade de alguns participantes para a condução das atividades dinâmicas grupais. O programa foi considerado mais apropriado para adolescentes de 13 anos de idade; sugeriram sua realização no primeiro semestre letivo, adaptações no material e redução da quantidade de atividades propostas. A avaliação sistemática de um programa preventivo, em todas as suas fases e com a participação de todos os envolvidos, pode contribuir para o aprimoramento dos programas de prevenção em saúde, para a consolidação das práticas e embasamento das decisões referentes a investimentos e decisões no campo da saúde pública. Considera-se que o sucesso de um programa de prevenção escolar esteja condicionado ao apoio institucional, envolvimento dos professores com as propostas, sua inclusão nas atividades curriculares e adaptação das intervenções à realidade em que se implementam as ações. Aponta-se necessidade de maiores investimentos na formação de educadores para a promoção de saúde e prevenção na escola. Sugere-se realização de pesquisas sobre formação continuada de educadores e acompanhamento técnico a implementadores de programas de saúde na escola como forma de garantir a qualidade das ações preventivas. <br>Abstract : The topic of this thesis, is the evaluation of the pilot implementation process of Unplugged program about school prevention of alcohol and other drugs, in perspective of teachers, as a part of the research project / intervention "Evaluation of Preventive Program to problems related to alcohol and other drugs." The evaluation was conducted in the planning, evaluation and execution stages according to the Donabedian model (structure-process-result). The methodology was mixed nature, with qualitative and quantitative methods to data collection; analyses based on Grounded Theory, descriptive statistics and triangulation of dates. The results were organized on articles, according to emerging topics, consisting of four independent and complementary texts to the understanding of studied phenomenon, followed by an integrative discussion of results set. The systematic review revealed that the studies of evaluation that integrate qualitative and quantitative methods have provided a more comprehensive understanding, suggesting that evaluation should include structure, process and results of health programs, contributing to improvement of programs and public policy. Professionals views about drugs and the meaning of intervention to the participants must be taken into account to the inclusion of new preventive technologies as new practices into school routine. Participant teachers have not been trained to execute preventive programs of alcohol and other drugs. The training offered to implementing professionals and the Unplugged methodology was positively evaluated by teachers, with reservation about class duration and amount of activities and observations about the difficulties of some teachers to conduct the group activities. Needing of more investments on training of educators to health promotion and school prevention was also observed. The Unplugged program was perceived as a differentiated program because of participatory methodology and content more comprehensive involving life skills, which may be embedded in pedagogical project of the school and be conducted by teachers. Difficulties in performing all activities into planned time and maintaining the curriculum program of classes were recorded. The program was considered more appropriate for adolescents aged 13 years old; there was a suggestion to do it in the first semester, with material adaptations and reduction of activities. The systematic evaluation of a preventive program, in all phases and with the participation of all those involved, can contribute to the consolidation of practices and support to decision-making relative to investments and choices in public health. It was pointed that the success of a school program depends on institutional support, involvement of teachers with the proposals, its inclusion into the curriculum activities and adaptation of interventions to reality where they take place. It highlights for greater investment in teacher training for health promotion and prevention in school. It is suggested the development of researches about continued training of educators and technical support to staff of health program at school to ensure the quality of educational preventive actions.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2016
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/167905
Data: 2016


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
340502.pdf 2.376Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar