A concepção de concreto na aritmética da escola primária do Paraná : (1901-1932)

DSpace Repository

A- A A+

A concepção de concreto na aritmética da escola primária do Paraná : (1901-1932)

Show full item record

Title: A concepção de concreto na aritmética da escola primária do Paraná : (1901-1932)
Author: Felisberto, Lidiane Gomes dos Santos;
Abstract: Na história da escola primária do estado do Paraná, o ensino da Aritmética ocupou um lugar importante na cultura escolar, trata-se de um espaço curricular permeado de representações dos seus principais sujeitos, professores e alunos. Considerando que o método intuitivo foi um momento muito rico na História da Educação e que a partir dele o concreto passou a ser empregado nas práticas de ensino, este estudo tem por objetivo compreender a concepção de concreto nas práticas de ensino de Aritmética na escola primária paranaense, no período de 1901 a 1932. A investigação, orientada na perspectiva da história cultural e da história das disciplinas escolares, fundamentou-se em autores como Certeau (1982); Chartier (1990); Chervel (1990); Julia (2001); trazendo como conceitos estruturantes os de Cultura, Cultura Escolar, Representação e Apropriação. Quanto às fontes utilizadas, foram analisados os Pareceres de Rui Barbosa, referentes ao Ensino Primário, apresentados à Câmara dos Deputados em 1883; o manual pedagógico, ?Lições de Coisas?, de Alisson Calkins, traduzido e publicado em língua portuguesa em 1886, por Rui Barbosa; documentos oficiais do Estado do Paraná; Relatórios de Governo; Programas de Ensino, relativos à escola primária paranaense do período delimitado; além de impressos pedagógicos: as revistas ?A Escola? (1906, 1907,1908,1909) e ?O Ensino? (1924) e, os livros didáticos de Antônio Trajano, ?Arithmetica Elementar? e ?Arithmetica Progressiva?, adotados pelos professores no ensino primário do Paraná. As análises documentais indicaram que a concepção de concreto estava, sobretudo, associada ao método intuitivo. Mostrou que a concepção de concreto, no período estudado, se referia tanto à manipulação de coisas quanto aos objetos ausentes (números concretos), presente principalmente no 1º ano da Escola Primária. O estudo indicou também que o objetivo do concreto no ensino de Aritmética era provocar as experiências dos alunos acerca das relações numéricas das coisas, devendo em algum momento ser superado.
Description: Dissertação de Mestrado orientada pela Prof.ª Dr.ª Neuza Bertoni Pinto, possui 107 folhas.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/161731
Date: 2014


Files in this item

Files Size Format View
Felisberto, L G S.pdf 2.148Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar