Efeitos agudos das lutas e da sessão de treino de judô em indicadores de fadiga e dano muscular

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Efeitos agudos das lutas e da sessão de treino de judô em indicadores de fadiga e dano muscular

Mostrar registro completo

Título: Efeitos agudos das lutas e da sessão de treino de judô em indicadores de fadiga e dano muscular
Autor: Detanico, Daniele
Resumo: As lutas competitivas e as sessões de treino de judô exigem elevada demanda metabólica e neuromuscular dos atletas. Os esforços realizados nessas situações são intermitentes e na maior parte do tempo em alta intensidade. Isso pode gerar alterações fisiológicas agudas no organismo, como fadiga, cansaço excessivo e até queda no desempenho. Desse modo, este estudo objetivou investigar os efeitos agudos de uma sequência de lutas e de uma sessão de treino de judô sobre indicadores de fadiga e dano muscular. Participaram 30 atletas de judô do sexo masculino, sendo 20 do estudo 1 (efeitos das lutas em indicadores de fadiga e dano muscular) e 10 do estudo 2 (efeitos da sessão de treino em indicadores de dano muscular). O estudo 1 foi composto por 3 lutas de 5 min com 15 min de intervalo entre elas. Foram realizadas as seguintes avaliações antes e após cada luta: torque isocinético no movimento de rotação externa/interna de ombro, salto vertical (CMJ) e coleta sanguínea para análise das enzimas creatina-quinase (CK) e lactato desidrogenase (LDH). O estudo 2 foi composto por uma sessão de treino de 90 min, no qual foram identificadas concentrações de lactato sanguíneo e percepção subjetiva de esforço (PSE da sessão) logo após a sessão (indicadores da carga interna de treino). Além disso, foram realizadas as seguintes avaliações antes e 48h após a sessão de treino: torque isocinético no movimento de rotação externa/interna de ombro, CMJ, coleta sanguínea (análise da CK), escala visual de dor e percepção subjetiva de recuperação (PSR). Utilizou-se teste t para amostras dependentes, teste de Wilcoxon e análise de variância para medidas repetidas, a fim de realizar as comparações antes e após as lutas e sessão de treino. Em relação às sucessivas lutas, foi encontrada redução nos valores de torque de rotação interna (PTIN) e externa (PTEX) do ombro na pós-luta 2 e pós-luta 3 em relação à pré-luta (p<0,01). O percentual de redução foi de 5,3% no PTEX e 3,9% no PTIN após a luta 3 em relação à pré-luta. Verificou-se diminuição nos valores de altura no CMJ na pós-luta 2 e pós-luta 3 em relação a pré-luta (p<0,01). O percentual de redução foi 3,2% após a luta 3 em relação à pré-luta. As concentrações séricas das enzimas CK e LDH aumentaram significativamente após a terceira luta (p<0,05). Com relação à sessão de treino, foi encontrado pico de lactato sanguíneo de 8,60 ± 2,37 mmol.L-1 e PSE-sessão de 8, considerado muito difícil. Observou-se redução significativa da altura no CMJ 48h após a sessão (p=0,02), não sendo verificadas alterações nas variáveis do torque de rotação externa/interna do ombro (p>0,05). Houve aumento da concentração sérica da CK e da percepção de dor tardia, assim como diminuição da percepção de recuperação 48h pós-treino (p<0,01). De modo geral, pode-se concluir que três lutas em sequência foram causadoras de fadiga tanto nos membros superiores quanto inferiores e capazes de provocar danos na musculatura esquelética. A sessão de treino provocou dano muscular nos membros inferiores, não sendo reportado nos membros superiores.<br>Abstract : Judo bouts and training sessions require high metabolic and neuromuscular demand in judo athletes. The efforts in these situations are intermittent and most of the time at high intensity. Acute physiological changes in the body may lead to fatigue, soreness and even drop in performance. Thus, this study aimed to investigate acute effects of successive judo bouts and training session on markers of fatigue and muscle damage. Thirty male judo athletes took part of this study, being 20 of study 1 (effects of successive judo bouts on markers of fatigue and muscle damage) and 10 of study 2 (effects of training session on markers of muscle damage). Study 1 was composed of three 5-min judo bouts each separated by 15 min of passive rest. Following evaluations were performed: shoulder external/internal rotation isokinetic torque, countermovement jump (CMJ), blood sample collection for serum creatine kinase (CK) and lactate dehydrogenase (LDH) analysis. Study 2 was composed by 90-min training session. Blood lactate peak and rating of perceived exertion (RPE) was collected after training session (markers of internal training load). Besides, following evaluations were performed before and 48-h after training session: shoulder external/internal rotation isokinetic torque, CMJ, blood sample collection (CK analysis), muscle soreness and perceived recovery status (PRS). T-test for dependent samples, Wilcoxon test and analysis of variance for repeated measures were used for comparisons before and after judo bouts and training session. Regarding successive bouts, significant reduction of shoulder internal (PTIN) e external (PTEX) rotation torque in post-bout 2 and post-bout 3 compared to pre-bout (p<0.01) was verified. Significant decrease of jump high in CMJ in post-bout 2 and post-bout 3 (p<0.01) regarding pre-bout was found. The reduction percentage was 3.2% in post-bout 3. Serum CK and LDH increased after the third bout (p<0.01). Regarding the training session, 8.60 ± 2.37 mmol.L-1 of blood lactate peak and 8 of RPE (very hard) were found. Significant reduction of jump high in CMJ 48-h after the session were reported (p=0.02), however no significant difference was verified in the isokinetic torque variables of shoulder external/internal rotation (p>0.05). Serum CK and muscle soreness increased and PRS decreased 48-h after the session (p<0.01). In general, it may conclude that three successive judo bouts provoke fatigue in both upper and lower limbs, and muscle damage. Judo session training induced muscle damage in lower limbs, not being reported in upper limbs.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2014.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/123339
Data: 2014


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
326071.pdf 1.717Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar