Análise do desenvolvimento sócio-econômico de Cabo Verde 1980 - 2005

DSpace Repository

A- A A+

Análise do desenvolvimento sócio-econômico de Cabo Verde 1980 - 2005

Show full item record

Title: Análise do desenvolvimento sócio-econômico de Cabo Verde 1980 - 2005
Author: Sousa, Miriam Sueli Monteiro de Jesus
Abstract: A economia caboverdiana apresentou muitos progressos, tanto em nível econômico como social. A expansão populacional tem aumentado rapidamente, crescendo à taxa de 2,4% a.a em 2000, embora sua estrutura e distribuição, assim como crescimento estejam muito condicionados pela forte tradição migratória do país. Durante o período analisado, a economia expandiu à taxa de 1,4% a.a, no início do período (1993), para 4,3% no final do período analisado, em 2003. O produto interno bruto per capita conseguiu acompanhar a expansão populacional garantindo níveis de renda per capita crescentes, à taxas superiores à do crescimento populacional. A distribuição da renda em Cabo Verde é equilibrada, segundo o índice de Gini, de 0,54 em 2002, sendo mais concentrada nos maiores centros urbanos do país. A pobreza atinge mais as mulheres, em razão do desemprego e tem maior incidência no meio rural, principalmente as faixas etárias mais baixas. Este fenômeno ainda é desigual entre as ilhas, apesar de o nível de conforto ser relativamente satisfatório. A população ativa do país, em 2006, se resumia a 183.254 pessoas, aproximadamente 38% da população residente, dentre as quais 33.554 se encontravam desempregadas, sendo na sua maioria indivíduos jovens, sem muita escolaridade e principalmente mulheres. Segundo os setores da economia, o que mais cresce e emprega é o do comércio e serviços, com destaque para o turismo. O setor primário é muito vulnerável às condições climáticas, pouco favoráveis, e à escassez de recursos naturais, enquanto que o setor terciário enfrenta problemas estruturais: sua estrutura é fraca e pouco desenvolvida. O desenvolvimento humano segundo o PNUD está entre os melhores da África, sendo conseguido através de melhorias na saúde (aumentando a longevidade da população) e educação (sendo que 81,2% da população do país é alfabetizada). As Metas do Milênio para o desenvolvimento apontam melhorias e conquistas no desenvolvimento socioeconômico do país, assim como o aumento das parcerias entre Cabo Verde e instituições mundiais, tais como BM, ONU, FMI, BAD, BADEA, e com outros países tais como Holanda, China, Japão, entre outros. Cabo Verde está no rumo certo para que o desenvolvimento possa se sustentar apostando na boa governança e no combate às vulnerabilidades do país, mas ainda há muito para se fazer.
Description: TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.
URI: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/122455
Date: 2008


Files in this item

Files Size Format View
Economia293342.pdf 581.9Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar