Educação em saúde para a doação de sangue: o impacto do projeto escola nas doações de sangue realizadas no HEMOSC de Florianópolis

DSpace Repository

A- A A+

Educação em saúde para a doação de sangue: o impacto do projeto escola nas doações de sangue realizadas no HEMOSC de Florianópolis

Show simple item record

dc.contributor.author Schuch, Noemia en
dc.date.accessioned 2014-07-02T19:09:17Z
dc.date.available 2014-07-02T19:09:17Z
dc.date.issued 2006 en
dc.identifier.other 286312 en
dc.identifier.uri https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/118758
dc.description TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social en
dc.description.abstract O presente trabalho aborda a temática da Educação em Saúde para a doação de sangue na perspectiva do impacto do Projeto Escola nas doações de sangue no Hemosc de Florianópolis. Esse estudo teve como objetivo principal investigar a influência do Projeto Escola nas doações de jovens doadores de sangue no Hemosc de Florianópolis. Tendo como objetivos específicos levantar o percentual de jovens doadores que participaram da palestra do referido projeto no ano de 1998; pesquisar a importância do Serviço Social no processo de captação de doadores de sangue; e, investigar a percepção desses jovens doadores a respeito da doação de sangue. Devido à inexistência de pesquisas sobre o Projeto Escola que existe desde 1996, percebeu-se a necessidade de dados do mesmo a fim de detectar o seu poder de conscientização sobre o tema previsto e, também, para aprimorá-lo no que fosse necessário. Como pressuposto, essa pesquisa parte de que o Projeto Escola contribui na conscientização de adolescentes e jovens para a necessidade de doar sangue. A metodologia utilizada foi a pesquisa quantitativa e qualitativa, pois a análise quantitativa se deu para constatar o percentual e o número de jovens que se tornaram doadores de sangue, sendo que os mesmos participaram da palestra do Projeto Escola no ano de 1998. E, também, detectar o número de doadores masculinos e femininos, a quantidade de doações realizadas espontaneamente e o número de doações feitas a pedido de um paciente que necessita de uma transfusão sangüínea. A análise qualitativa verifica por meio de entrevista o que significa para esses jovens doadores o ato da doação de sangue. Com esse trabalho, buscou-se avaliar o Projeto Escola com o intuito de verificar o seu impacto nas doações de jovens doadores de sangue, sendo que este projeto tem corno objetivo conscientizar e sensibilizar os adolescentes e jovens para que se tornem futuros doadores de sangue e, também, agentes multiplicadores acerca do referido tema. Diante desse processo de conscientização, procurou-se enfatizar nas palestras do Projeto Escola que a doação de sangue deve ser uma atitude de solidariedade e, sobretudo. de cidadania en
dc.publisher Florianópolis en
dc.subject.classification Serviço social en
dc.subject.classification Cidadania en
dc.subject.classification Educação em saúde en
dc.title Educação em saúde para a doação de sangue: o impacto do projeto escola nas doações de sangue realizadas no HEMOSC de Florianópolis en
dc.type TCC (graduação) en


Files in this item

Files Size Format View
286312.pdf 27.11Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar