Dinâmica reprodutiva e das larvas de Platanichthys platana (Regan, 1917) e Lycengraulis grossidens (Spix & Agassiz, 1829) em uma lagoa costeira subtropical

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Dinâmica reprodutiva e das larvas de Platanichthys platana (Regan, 1917) e Lycengraulis grossidens (Spix & Agassiz, 1829) em uma lagoa costeira subtropical

Mostrar registro completo

Título: Dinâmica reprodutiva e das larvas de Platanichthys platana (Regan, 1917) e Lycengraulis grossidens (Spix & Agassiz, 1829) em uma lagoa costeira subtropical
Autor: Lopes, Carolina Antonieta
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica reprodutiva e as larvas de Platanichthys platana e Lycengraulis grossidens em uma lagoa costeira subtropical. O estudo foi conduzido entre o período de junho/2008 a abril/2012 bimensalmente. As larvas foram coletadas com redes cilíndrico-cônicas, no período noturno. Os demais peixes foram capturados com apetrechos de pesca. Peso, comprimento total, sexo e estádio de maturação gonadal foram obtidos dos indivíduos capturados. Durante essas amostragens, dados abióticos também foram obtidos com uma sonda mutiparâmetro. Com relação ao tamanho não foi observado diferença relevante entre fêmeas e machos. A proporção sexual para todo o período amostral foi maior para as fêmeas. Os indivíduos em estádio em maturação e maduros foram frequentes em quase todos os meses de coleta para as duas espécies. Para P. platana a relação gonadossomática (RGS) foi maior nos anos 3 e 4 para machos. Para L. grossidens a RGS foi maior para os meses, sendo agosto, outubro e dezembro para fêmeas e em outubro para os machos. Para as duas espécies o ano 3 e os meses de agosto e outubro foram os que apresentaram as melhores condições para a reprodução. Temporalmente verificou-se que existe diferença na distribuição das larvas, sendo que P. platana foi mais abundante em junho/2011 e L. grossidens em outubro/2010. P. platana e L. grossidens desovaram durante todo o ano e completaram seus ciclos de vida na lagoa costeira subtropical, fato evidenciado pela presença de larvas e de adultos em diferentes estágios de maturação.<br>
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2012
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/103451
Data: 2012


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
314871.pdf 4.006Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar