Integralidade no processo de formação do enfermeiro

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Integralidade no processo de formação do enfermeiro

Mostrar registro completo

Título: Integralidade no processo de formação do enfermeiro
Autor: Lima, Margarete Maria de
Resumo: Esta pesquisa teve por objetivo conhecer a aplicação do princípio da integralidade no processo de formação do enfermeiro, e procurou analisar as relações pedagógicas estabelecidas, sob a ótica dos acadêmicos de graduação em enfermagem. O estudo delineou-se como pesquisa qualitativa de caráter exploratório-descritivo. A coleta de dados realizou-se mediante entrevista individual semi-estruturada com 19 formandos de curso de graduação em enfermagem. A análise de dados efetivou-se de acordo com análise proposta por Minayo. Os resultados indicaram que existe uma intencionalidade em aplicar o princípio da integralidade durante as atividades desenvolvidas no curso. Na assistência à saúde, a integralidade, na visão dos acadêmicos, é entendida como cuidar dos sujeitos que necessitam de cuidados em sua totalidade, inseridos num contexto social, histórico, político e cultural, não fragmentado em partes ou corpo doente. Contudo, apresentam a dificuldade em aplicar a integralidade na área hospitalar, pois a única ferramenta que dispõem para aproximar-se da realidade dos sujeitos é o diálogo, enquanto que, na atenção básica, utilizam também a visita domiciliar para esta aproximação. A relação pedagógica pautada na integralidade, na concepção dos alunos, não está presente em todos os semestres ou disciplinas do curso. Os resultados demonstram a dicotomia ainda existente entre a atenção básica e hospitalar, o que dificulta a aplicação do princípio da integralidade junto ao sujeito que se encontra hospitalizado. A partir dos dados, inferiu-se que o princípio da integralidade, no processo de formação do enfermeiro, deste curso, precisa ser considerado como um princípio pedagógico e iniciar com sua aplicação na relação professor-aluno, sendo condição fundamental para a construção da identidade profissional do futuro enfermeiro em consonância com os princípios do SUS.The objective of this study was discover the application of the principle of intregrality in formal nursing education, seeking to analyze the pedagogical relationships established, according to undergraduate nursing students. This study involved qualitative, exploratory-descriptive research. Data was collected through individual semi-structured interviews with 19 undergraduate nursing students. The data was analyzed using analysis as proposal by Minayo. The results indicate out that there is an intentionality to apply the principle of intregrality during the activities developed in the course. In health care, intregality as seen by academics is understood to be caring for subjects who need care in its totality, inserted in a social, historical, political, and cultural context, and not fragmented in parts or a sick body. However, present the difficulty in apply integrality to the hospital area, because the only tool you have is dialogue to approximate with the subjects# reality. In basic care, they also utilized domiciliary visits for such approximation. The pedagogical relationship founded in integrality in the students# conceptions is not present in all semesters or disciplines of the course. The results demonstrate the dichotomy between basic care and hospital care, making it difficult to apply the principle of integrality linked to the subject who finds him/herself hospitalized. From the data we can infer that the principle of integrality from the data we can infer that the principle of integrality in the process of nursing education starts with its application in the teacher-student relationship and it is fundamental condition for the construction of professional identity of the future nurse which is consistent with the principles of the SUS.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/103272
Data: 2013-07-16


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
286690.pdf 1.955Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar