Avaliação em médio prazo da pressão intra-saco após correção endovascular de aneurisma de aorta abdominal com o uso de sensor sem fio

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Avaliação em médio prazo da pressão intra-saco após correção endovascular de aneurisma de aorta abdominal com o uso de sensor sem fio

Mostrar registro completo

Título: Avaliação em médio prazo da pressão intra-saco após correção endovascular de aneurisma de aorta abdominal com o uso de sensor sem fio
Autor: Lain, Vinícius Victorazzi
Resumo: Justificativa: O objetivo do tratamento endovascular do aneurisma de aorta abdominal é a exclusão do saco aneurismático da circulação sistêmica. Para acompanhar a eficácia do tratamento é necessária a realização de angiotomografias seriadas. A monitorização continuada da pressão poderia diagnosticar precocemente casos em que esteja ocorrendo falha desse tratamento, auxiliando ou substituindo a tomografia. Objetivo: Avaliar a eficácia em médio prazo da medida de pressão através de sensor sem fio implantado no saco aneurismático após tratamento endovascular de aneurisma de aorta abdominal (AAA). Desenho do Estudo: Quarenta pacientes submetidos a tratamento endovascular de aneurisma de aorta abdominal receberam implante de sensor sem fio para monitorização em médio prazo da pressão intra-saco. Os dados foram analisados no primeiro, sexto, décimo segundo meses e anualmente. A cada análise, uma angiotomografia informava o diâmetro do aneurisma, presença e tipo de vazamento. A pressão arterial sistêmica assim como todos os dados pressóricos obtidos através do sensor foram coletados. Resultados: No seguimento, dos 40 sensores implantados apenas em dois o sinal não pode ser detectado. A pressão de pulso obtida apresentou boa sensibilidade em afastar a presença de vazamento quando inferior a 25mmHg no primeiro ano. Após esse período, o Índice de Endotensão mostra-se como a variável que mais se aproxima dos dados tomográficos. Na presença de vazamantos tipo I ou III, o sensor é capaz de identificar sucesso ou falha após a correção do vazamento. Até o segundo ano de seguimento, resultados apresentados pelo sensor são concordantes com dados tomográficos, a partir daí, perdem acurácia. Conclusão: Na amostra estudada não foi possível obter sensibilidade suficiente para substituir a realização da tomografia no acompanhamento dos AAA tratados por técnica endovascular. Um maior número de pacientes é necessário para estabelecer o verdadeiro papel da monitorização pressórica sem fio no seguimento do tratamento endovascular do aneurisma de aorta abdominal.Racional: The objective of endovascular treatment of an abdo-minal aortic aneurysm is to exclude the aneurysm sac from systemic circulation. In order to assess treatment effectiveness it is necessary to perform serial computed tomography (CT). Continued pressure moni-toring could provide an early diagnosis of cases in which this treatment is failing, helping or replacing CT. Objective: Evaluation of medium-term effectiveness of pressure measurement using a wireless sensor implanted in the aneurysm sac after endovascular treatment of abdominal aortic aneurysm. Method: Forty patients undergoing endovascular treatment for abdominal aortic aneurysm had a wireless sensor implanted for medium-term monitoring of intrasac pressure. The data were analyzed in the first, sixth and twelfth month and annually. At each analysis, a CT scan in-formed the aneurysm diameter, presence and risk of endoleaks. System-ic arterial pressure was collected, as well as all pressure data obtained through the sensor. Results: Of the 40 sensors implanted, the signal could not be de-tected only in two. The pulse pressure obtained presented good sensitivi-ty to rule out the presence of leakage when it was less than 25mmHg during the first year. After this period, the Endotension Index is the variable that comes closest to the CT scan data. With type I or III endo-leaks, the sensor can identify success or failure after endoleak repair. Until the second year of follow up, the results presented by the sensor agree with CT data, and then become less accurate. Conclusions: In the sample studied sufficient sensitivity could not be achieved to replace the CT when following AAA treated by the en-dovascular technique. A larger number of patients is needed to deter-mine the true role of wireless pressure monitoring when following en-dovascular treatment of abdominal aortic aneurysm.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/103247
Data: 2010


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
310110.pdf 331.1Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar