Servidores móveis em redes AD HOC

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Servidores móveis em redes AD HOC

Mostrar registro completo

Título: Servidores móveis em redes AD HOC
Autor: Faria, Fabricia Lemos de
Resumo: A arquitetura web services permite que aplicações desenvolvidas em diferentes plataformas interajam com o intuito de trocar dados e realizar tarefas sobre a rede mesmo em ambientes heterogêneos. A arquitetura utiliza uma pilha de padrões entre os quais destacam-se três: WSDL, linguagem utilizada para descrever o serviço, SOAP, protocolo que encapsula as mensagens XML trocadas pela rede e UDDI, mecanismo que age como um repositório de web services, todos com base na linguagem XML. As redes Ad hoc possuem como principal característica uma formação rápida e temporária. Por não necessitar de infra-estrutura fixa, essas redes são estabelecidas rapidamente em locais onde as redes fixas teriam dificuldade ou até mesmo a impossibilidade de serem instaladas. Nessas redes, os nodos comunicam-se diretamente sem a necessidade de infra-estrutura fixa, sendo eles próprios responsáveis pelo roteamento dos pacotes. Este trabalho de pesquisa apresenta um modelo que visa possibilitar a execução de web services em redes Ad hoc. Tendo em vista a usual carência de serviços que os usuários dessas redes possuem, nossa contribuição permite a tais usuários dispor do acesso a alguns serviços, que geralmente estão disponíveis apenas na rede fixa, restringindo o acesso aos serviços móveis à área de cobertura alcançada por essas redes. Nos últimos anos, os dispositivos móveis a capacidade de processamento e armazenamento aumentaram significantemente, o que torna possível, atualmente, a execução de um conjunto relativamente grande de serviços. Por esta razão, assumimos como objetivo principal deste trabalho possibilitar a qualquer dispositivo móvel, conectado a uma rede Ad hoc, o oferecimento de serviços a quaisquer outros dispositivos na mesma rede, tornando-o um servidor móvel. O funcionamento do modelo tem como principal característica o fato de disponibilizar serviços sem que o usuário dependa do auxílio de qualquer infra-estrutura fixa no momento da execução desses serviços. Uma vez concluída essa etapa, o usuário móvel tem autonomia suficiente para coordenar sua função de fornecer os serviços em momentos e locais apropriados. Nossos resultados experimentais indicam que o modelo possui claras vantagens ao ser utilizado em redes Ad hoc. Dentre elas, destacamos o fato de explorar as características desses ambientes com a execução do serviço de modo Ad hoc, levando de fato, serviços a qualquer lugar.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/103066
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
222457.pdf 853.2Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar