TOPs - Times de otimização de processos: um estudo comparativo

DSpace Repository

A- A A+

TOPs - Times de otimização de processos: um estudo comparativo

Show full item record

Title: TOPs - Times de otimização de processos: um estudo comparativo
Author: Tomelin, Cleomar Alfeu
Abstract: O momento histórico atual está sendo marcado por grandes transformações. A globalização está acabando com as fronteiras nacionais. Os avanços da tecnologia são surpreendentes e, com a Internet, teve início a era da comunicação global, as distâncias estão desaparecendo e a produção de conhecimentos cresce de forma exponencial. Na década de 1980, aprendeu-se sobre a importância do trabalho em Time para o sucesso dos processos de melhoria, e nos anos seguintes muitas organizações do mundo inteiro validaram essa técnica. Percebeu-se que os Times tinham muito mais a oferecer do que apenas sua capacidade de análise e solução de problemas. Foi verificado como os TOPs atuam sobre as atividades que precisam ser realizadas e integradas entre si a fim de gerar valor ao cliente. Quais as situações em que o trabalho que é realizado pelo TOP exige uma maior quantidade de coordenação técnica para funcionar. Deu-se autoridade aos Times de Otimização de Processos (TOPs) para que tomassem decisões e gerenciassem os processos que deveriam ser otimizados. Com essa metodologia, o retorno sobre o ativo patrimonial aumentou da mesma forma que o moral da organização. A motivação para o trabalho dos TOPs, segundo alguns psicólogos, vem do desejo consciente de se obter algo, sendo, assim, o Time procura uma forma de resolver um problema, ou seja, realizar a otimização do processo. No passado, as organizações tentaram, por meio do modelo mecanicista fazer com que o trabalhador separasse a vida profissional da realidade. Nos TOPs, o trabalhador deve usar sua razão e emoção para gerenciar de forma mais efetiva a otimização de processos na organização. Após acompanharmos dezenas de TOPs, podemos informar que o conhecimento mais valorizado hoje em dia é o conhecimento que pode ser aplicado aos resultados para definir que novo conhecimento é necessário para a concretização de uma inovação sistemática (de melhoria). Podemos dizer que a metodologia dos TOPs consegue atingir esse conhecimento.
Description: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/102953
Date: 2005


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar