Participação da substância cinzenta periaquedutal dorso-lateral na modulação do efeito ansiogênico do pentilenotetrazol em ratos submetidos ao labirinto em cruz elavado

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Participação da substância cinzenta periaquedutal dorso-lateral na modulação do efeito ansiogênico do pentilenotetrazol em ratos submetidos ao labirinto em cruz elavado

Mostrar registro completo

Título: Participação da substância cinzenta periaquedutal dorso-lateral na modulação do efeito ansiogênico do pentilenotetrazol em ratos submetidos ao labirinto em cruz elavado
Autor: Anzini, Cláudia
Resumo: Estudos prévios demonstraram que a administração sistêmica de [pentilenotetrazol] (PTZ) causa uma redução da exploração dos braços abertos em ratos submetidos ao [labirinto em cruz elevado] (LCE), interpretada como um [efeito tipo-ansiogênico]. Um perfil semelhante de comportamento é observado em ratos submetidos ao LCE após a estimulação química com glutamato na [substância cinzenta periaquedutal dorso-lateral] (SCPdl). No presente trabalho procuramos investigar o papel da SCPdl na modulação do efeito tipo-ansiogêncio do PTZ em ratos submetidos ao teste/re-teste no LCE. Nossos resultados confirmaram o efeito tipo-ansiogênico do PTZ sistêmico em ratos que receberam líquor na SCPdl. O efeito do PTZ foi bloqueado após administração de lidocaína na SCPdl, mas não no colículo superior, de ratos submetidos ao teste no LCE, sugerindo que a SCPdl seria uma estrutura chave na expressão do efeito tipo-ansiogênico induzido pelo PTZ. Além disso, nossos resultados sugerem também que os neurotransmissores GABA e GLU presentes na SCPdl parecem mediar a expressão do efeito tipo-ansiogênico do PTZ, uma vez que o aumento da atividade GABAérgica ou a redução da atividade glutamatérgica bloquearam o efeito do PTZ sistêmico. Os resultados obtidos a partir do protocolo teste/re-teste sugerem que a SCPdl estaria envolvida na mediação da expressão do efeito ansiogênico do PTZ, porém não estaria relacionada à aquisição de aprendizado. Em resumo, nossos resultados sugerem um papel importante da SCPdl na organização da resposta animal para um medo aumentado, como o produzido pelo PTZ.
Descrição: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Farmacologia.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/102485
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
211868.pdf 690.3Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar