Avaliação do volume de dejetos e da carga de poluentes produzidos por suíno nas diferentes fases do ciclo criatório

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Avaliação do volume de dejetos e da carga de poluentes produzidos por suíno nas diferentes fases do ciclo criatório

Mostrar registro completo

Título: Avaliação do volume de dejetos e da carga de poluentes produzidos por suíno nas diferentes fases do ciclo criatório
Autor: Sinotti, Ana Paula dos Santos
Resumo: A suinocultura é um segmento da atividade agrícola, cujo ritmo de especialização nos últimos 30 anos resultou em sistemas confinados de produção e geração de elevado volume de dejetos nas propriedades, com grande potencial poluidor. A evolução tecnológica produtivista dessa atividade vem se confrontando com as perspectivas de recuperação e manutenção do equilíbrio ambiental. O grande desafio resulta no desenvolvimento de processos que viabilizem sistemas capazes de reduzir ou minimizar o poder poluente da atividade. Na prática, são observadas dificuldades no sentido de quantificar o dejeto produzido em cada sistema de criação, o que resulta no sub-dimensionamento dos sistemas de manejo. Neste sentido, buscou-se com o desenvolvimento deste trabalho avaliar o volume de dejetos de suínos e a carga de poluentes (produto entre o volume de dejetos produzido e cada variável físico-química analisada), produzidos nas diferentes fases do ciclo criatório. O trabalho foi desenvolvido em São Gabriel do Oeste, no estado de Mato Grosso do Sul, de julho a outubro de 2004. Os resultados mostraram que a creche é a fase que produz maior volume de dejetos unidade animal-1 dia-1, seguida da recria, da maternidade e da gestação e, por último, da terminação. Os resultados obtidos para a carga de poluentes mostraram que a creche é a fase com o maior poder poluente, seguida da recria, da terminação e da gestação e, finalmente, da maternidade. Espera-se que esses dados sejam efetivamente utilizados no desenvolvimento de critérios para o manejo e utilização deste resíduo, de forma preventiva, a fim de reduzir os riscos de contaminação ambiental dos agroecossistemas. Hog raising is a segment of agricultural activity whose specialization growth during the last 30 years has resulted in confined production systems as well as a high volume of hog waste in the properties, with a great pollutant potential. The evolution of the production technology of this activity has been confronted with the recovery perspectives and the maintenance of the environmental balance. The greatest challenge results in the development of processes that enable systems capable of reducing or minimizing its pollutant power. Currently, difficulties are observed concerning the quantification of produced waste in each hog raising system which results in the under dimensioning of the handling systems. Hence, the aim of this work is to assess the volume of hog waste and the load of pollutants (product between the produced waste and the physical-chemical variable analysed), produced during the various phases of the raising cycle. This work was developed in São Gabriel do Oeste, Mato Grosso do Sul state, from July to October 2004. The results showed that nursery is the phase which produced the largest volume of waste animal unit-1 day-1, followed by growing, farrowing and gestation and, at last by finishing. The results obtained concerning the load showed that nursery is the phase with the largest pollutant power, followed by growing, finishing and gestation and, finally, by farrowing. It is expected that those data would be effectively used in developing criteria to the handling and use of hog waste preventively, in order to reduce the risks of environmental contamination of the agricultural ecosystems.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/102453
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
233623.pdf 1.178Mb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar