Os andares de André Gide entre o profano e o sagrado: releitura das obras Os subterrâneos do Vaticano e Os frutos da terra

DSpace Repository

A- A A+

Os andares de André Gide entre o profano e o sagrado: releitura das obras Os subterrâneos do Vaticano e Os frutos da terra

Show full item record

Title: Os andares de André Gide entre o profano e o sagrado: releitura das obras Os subterrâneos do Vaticano e Os frutos da terra
Author: Miller, Laura Teixeira
Abstract: O presente trabalho buscou estabelecer, com as obras Os Subterrâneos do Vaticano e Os Frutos da Terra, uma abordagem que tentou contextualizar os ingredientes político/religiosos da produção literária e artística de André Paul-Guillaume Gide, baseando-se no elemento testemunhal das falas de seus personagens nessas obras, tanto no sentido histórico, como na perspectiva de como a realidade foi por Gide trabalhada, ao mimetizar a estilística bíblica, usando-a como um instrumento na sua prédica. A tese é composta de três capítulos: Capítulo 1 - As Estratificações da Religião, História e Literatura - localiza no tempo e no espaço os primórdios e a trajetória da religião, principalmente da católica, e a subseqüente ascensão da Igreja Católica Apostólica Romana no fazer político dos Estados, especialmente do Estado francês; Capítulo 2 - Relendo a ficção em Os Subterrâneos do Vaticano - mostra como Gide, partindo de um fato real, elabora uma trama caricata na qual expõe: o espírito científico em franco desenvolvimento, contrastando com a forte religiosidade que ainda imperava na França no final do século XIX, e a luta política da Igreja Católica com o Estado francês, para preservar seus interesses políticos na França; Capítulo 3 - O Corpo Metáfora Evangélica em Os Frutos da Terra - mostra a trajetória de um homem na descoberta de seus desejos libidinosos, pregados por um narrador invisível, que defende uma nova linha de pensamento, a da felicidade do gozo do presente, do carpe diem, encorajando o homem a utilizar-se do corpo, matriz do prazer, sempre intermediada pela distorção das metáforas dos ensinamentos dos Evangelhos, e da filosofia de Epicuro. O presente estudo, através da elaboração de uma fábula literária do fazer gideano, procurou traçar um esboço possível de uma época em que ocorreram transformações significativas no fazer social/político/religioso na França, percebidas por alguém que as ressignificou e que através de seus escritos procurou mostrar ao homem um novo caminho, num mundo por ele idealizado.
Description: Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/102419
Date: 2005


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar