Comportamentos de planejar ensino de professores de educação especial como definição de seu papel na organização

DSpace Repository

A- A A+

Comportamentos de planejar ensino de professores de educação especial como definição de seu papel na organização

Show full item record

Title: Comportamentos de planejar ensino de professores de educação especial como definição de seu papel na organização
Author: Baú, Jorgiana
Abstract: Advogar a favor das incapacidades atribuídas ao insucesso na aprendizagem de alunos com história de deficiência é ser agente de uma educação conservadora. As necessidades do aprendizado efetivo do aluno remetem ao questionamento sobre as características necessárias para trabalhar com crianças especiais, sendo o professor mediador desse processo. Para tanto investigar, de que maneira o professor planeja o que vai ensinar, sobre "porque faz o que faz", é relevante para identificar a relação entre o mediador e aprendiz. O aprendizado efetivo é condicionado a um planejamento do ensino que contenha requisitos necessários para transformar a realidade dos alunos, melhorar a qualidade nas relações do indivíduo no seu meio, caracterizando com isso o comportamento educacional do professor. Assim, foi objetivo do estudo verificar as características do comportamento de planejar do professor que atua junto a alunos com história de deficiência. Participaram 10 professoras que ministraram aulas para alunos de uma escola que atende crianças e jovens com necessidades educativas especiais. Um roteiro de entrevista foi elaborado com base nas variáveis: características gerais do professor e comportamento de planejar do professor. Os dados coletados possibilitaram identificar que a necessidade que as professoras tem de prestar cuidados pessoais aos alunos da escola de educação especial dificulta o processo de ensinar e consequentemente o aprendizado dos alunos; as 10 professoras optaram por trabalhar em escola de educação especial por acaso ou por não haver vaga no ensino regular; as concepções das professoras sobre os processos de ensinar e aprender, na sua maioria, evidenciam a aprendizagem do aluno por "transmissão de conhecimento"; as concepções sobre objetivos de ensino fazem referência as atividades das professoras e não ao que os alunos efetivamente deveriam aprender. Tendo em vista os dados obtidos, é possível concluir que as concepções que as professoras apresentam sobre o processo de planejar o ensino, não é caracterizado pelo aspecto fundamental que define o processo de aprender - mudança de comportamento do aluno - o que pode comprometer a função educativa das professoras. Isto pode trazer como decorrências dificuldades para incluir a aluno com necessidades especiais não somente em classes regulares mas e principalmente incluí-lo socialmente.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/102167
Date: 2005


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar