Brinquedo terapêutico e crianças institucionalizadas vítimas de violência: propondo um modelo de cuidado de enfermagem

DSpace Repository

A- A A+

Brinquedo terapêutico e crianças institucionalizadas vítimas de violência: propondo um modelo de cuidado de enfermagem

Show full item record

Title: Brinquedo terapêutico e crianças institucionalizadas vítimas de violência: propondo um modelo de cuidado de enfermagem
Author: Rocha, Patrícia Kuerten
Abstract: A violência infantil destaca-se por seu índice alarmante de ocorrências. As conseqüências deste ato podem ser agudas ou crônicas. Com isto, percebe-se a necessidade da ampliação do conhecimento teórico-metodológico que auxilie os profissionais de enfermagem no cuidado com crianças vítimas de violência. Neste contexto, a Enfermagem pode dispor de um instrumento de cuidado que é essencial para o cuidado com crianças vitimizadas: o brinquedo terapêutico. Assim, decidiu-se realizar uma pesquisa envolvendo o brinquedo terapêutico com crianças vítimas de violência institucionalizadas (abuso sexual e ou abuso físico e ou negligência). O brinquedo terapêutico, com cunho cuidativo, terá uma conotação de brinquedo não diretivo que dá à criança a liberdade de expressar-se verbal e não verbalmente, proporcionando as mesmas um meio confortável de contarem seus medos e preocupações, ajudando ao mesmo tempo, a enfermeira a perceber suas necessidades e sentimentos. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil. Trata-se de uma Pesquisa Convergente Assistencial (PCA), de abordagem qualitativa, desenvolvida com quatro crianças entre nove e onze anos, residentes em instituições diferentes. O acolhimento a estas crianças deu-se através do brinquedo terapêutico, utilizado pela enfermeira/pesquisadora no âmbito do cuidado as crianças e promoção de cuidados adequados. Os objetivos deste estudo consistiram em elaborar um modelo de cuidado de Enfermagem as crianças vítimas de violência residentes em Casas Lares, utilizando o brinquedo terapêutico e avaliar a contribuição do brinquedo terapêutico em um modelo de cuidado de enfermagem.Com o desenvolver da metodologia proposta obtivemos uma série de resultados positivos com as crianças, as mesmas com o passar das sessões de brinquedo terapêutico conseguiram expressar seus sentimentos, medos, angústias, falar de seu mundo real e imaginal, entre outros. Assim, os resultados evidenciaram que a metodologia desenvolvida é adequada para a aplicação deste modo de cuidar nesta situação, e que, além de um cuidado imediato poderemos incentivar a promoção da saúde, através do cunho educativo e de estratégias de cuidado em longo prazo. Child abuse is noted for its alarming rates of occurrence. The consequences of child abuse may be acute or chronic. Given that, one perceives the need for amplifying the theoretical-methodological knowledge which assists nursing professionals who aid victims of child abuse. In this context, Nursing can make available a necessary instrument of care: therapeutic playing. Thus, this study was elaborated and carried out, involving therapeutic playing with institutionalized child abuse victims (sexual abuse, physical abuse, or negligence). Therapeutic playing, with intent for care, will have the connotation of non-directive playing which gives the child the freedom to express him/herself both verbally and non-verbally. Such expression is proportioned within a comfortable atmosphere, in which the child can relay his/her fears and concerns. Such interaction helps the nurse to perceive the child's needs and feelings. This study was approved by the Ethics Committee of the Federal University of Santa Catarina, in Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. It is an Assistencial Convergent Study (PCA) and uses a qualitative approach. Four children, between nine and eleven years of age participated, all residents of different institutions. Approaching these children and gaining their confidence occurred through the use of therapeutic playing by the part of the nurse/researcher within the atmosphere of care and promotion of adequate care for the children. The objectives of this study were to elaborate a Nursing care model for victims of child abuse who are residents of "Casas Lares", using therapeutic playing; and to evaluate the contribution of therapeutic playing in a Nursing care model. With the development of the proposed methodology, a series of positive results with the children were obtained. As the therapeutic playing sessions transgressed, the same children were able to express their feelings, fears, anguishes, their views of their specific worlds, their views of their imaginary worlds, and other issues. Thus, the results evidence that the methodology developed is adequate for its application in similar care situations. They also evidence that the Nursing practice may offer incentives, beyond its immediate care, towards health promotion in general, by means of embracing education and long-term care strategies.
Description: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/102013
Date: 2005


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account

Statistics

Compartilhar