Natureza: a perspectiva de Nietzsche

Repositório institucional da UFSC

A- A A+

Natureza: a perspectiva de Nietzsche

Mostrar registro completo

Título: Natureza: a perspectiva de Nietzsche
Autor: Falcão Neto, Alexandre Brasil
Resumo: Partindo da revisão crítica empreendida por Nietzsche na obra A Gaia Ciência as concepções clássicas da natureza através da recusa das pressuposições morais e metafísicas em que estão fundadas tais interpretações, o presente texto trata do projeto de naturalização do homem e desdivinização da natureza proposto pelo autor ao final de sua crítica e dos métodos empregados nesta tarefa: a perspectiva fisiológica, depurada de sua teleologia moral ou lógica como instrumento para naturalizar o próprio conhecer e o método genealógico, para determinar a origem e criação dos valores que, pressupostos, servem de fundamento as diferentes interpretações através das quais submetemos o real a um artifício para nos conservar e crescer em força, uma vez que uma perspectiva é necessidade para seres como nós, mas não uma necessidade moral, racional ou metafísica, mas biológica e físico-química. A nova concepção ontológica da natureza proposta pelo autor é concebida com as noções de jogo de forças, devir e caos. Starting from the critic revision made by Nietzsche in the book The Gaia Science, the classics conceptions of nature through the refuse of morals and metaphysics presuming in what the interpretations are funded, the present text is about the men 's naturalization project and the desdivination of the nature propose by the author at the end of his critic and the methods used in this task: the physiological perspective, without the teleology, moral or logic one, like instrument to naturalize the knowledge and the genealogical method, to find the origin of the values that, if presuming, can serve like the foundation to the different interpretations in through we can submit the real into an artifice to conserve us and grow in strength, because a perspective is necessary to beans like us, but not a moral, rational or metaphysics necessity, but a biologic and physic- chemistry one. The new ontological conception of nature purposed by the author is concept with the notions of power games, become and chaos.
Descrição: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Filosofia
URI: http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101943
Data: 2005


Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização
222271.pdf 697.1Kb PDF Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro completo

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta

Estatística

Compartilhar